Tatuagens do bem fazem alertas na pele sobre doenças e alergias

As tattoos do bem podem salvar vidas! Saiba como.

Por Isabella Otto Atualizado em 24 jan 2017, 13h08 - Publicado em 24 jan 2017, 12h24

Em meados de 2015, descobrimos que algumas pessoas estavam tatuando pequenos sinais de ponto e vírgula no corpo para alertar o mundo sobre distúrbios emocionais e como eles são perigosos (a campanha ficou conhecida como Project Semicolon). Novidade para muitos, a prática foi ganhando cada vez mais adeptos – vários, inclusive, que nunca tinham feito tatuagem antes. Mas esse costume de usar tattoos para sinalizar doenças já é mais antigo…

No Brasil, aos pouquinho, essa prática vem se tornando mais popular. A preços mais em conta, alguns tatuadores desenham no corpo sinais de alerta para o caso de a pessoa precisar. Em entrevista ao UOL, a carioca Nathalia Stern conta que já fez muitas tatuagens com alertas médicos por valores que variam de R$ 40 a R$ 70.

Tatuagens de segurança
Reprodução

Uma das tatuagens de segurança mais marcantes que a Nathalia já fez foi em uma paciente com Situs Inversus Totalis. “É uma doença em que todos os órgãos dela são do lado contrário. Por exemplo, o coração fica no lado direito, em vez de no esquerdo, e assim vai”, conta a tatuadora em seu Instagram. 

https://www.instagram.com/p/BPGF4cihczl/

No mundo, cada vez mais e mais pessoas com doenças crônicas e/ou alergias estão aderindo a esse tipo de prática, que pode salvar vidas para o caso de o paciente sofrer um acidente e não conseguir comunicar ao socorro que é alérgico a algum medicamente ou possui algum tipo de síndrome.

Tatuagens de segurança
Foto: Reprodução/Facebook Lady Foxie Tattoo Reprodução

Nada como usar a arte mais uma vez a seu favor! Legal essa ideia, né? Vocês fariam alguma tattoo de segurança?

volta-as-aulas
Continua após a publicidade
Publicidade