System 002: equipamento recolhe 9 toneladas de lixo plástico do oceano

Conheça a criação do holandês Boyan Slat, que é hoje o sistema mais eficaz quando o assunto é a retiradas das milhões de toneladas de plástico dos mares

Por Isabella Otto Atualizado em 2 nov 2021, 08h16 - Publicado em 2 nov 2021, 07h13

O plástico é um dos grandes vilões do mundo moderno, que apostou na sua praticidade, e em muitos casos segurança, mas sem pensar no seu descarte responsável. De acordo com a revista científica Science Advances, 8,8 milhões de toneladas do material acabam no mar todos os anos. Segundo o Programa da ONU para o Meio Ambiente, até 2030, a poluição por plástico dos oceanos deve duplicar.

Uma rede sustentada por boias cheia de lixo plástico preso dentro
O “funil” tem boias em toda a lateral, que garante a flutuação do sistema Ocean Cleanup/AP/Divulgação

É desesperador pensar que, em um futuro muito breve, teremos mais lixo que peixes nos mares – e aqueles que restarem, contaminados. Há muitas movimentações sendo feitas; e talvez o sistema criado pelo ambientalista holandês Boyan Slat, de 27 anos, seja hoje o mais eficiente!

O Ocean System 002, ou Jenny, funciona da seguinte forma: uma espécie de “funil” sem buraco e feito com uma rede, que parece de pesca, é colocado na superfície da água. Nas extremidades, dois barcos presos ao tal “funil” puxam ele a uma velocidade de 1,5 nós. Com isso, e com a ajuda da corrente marítima, os lixos plásticos são capturados pela rede e depois puxados para as embarcações.

O equipamento é aperfeiçoado por um sistema de inteligência artificial, que localiza locais com grandes concentrações de lixo plástico. Em setembro, por exemplo, o System 002 recolheu nove toneladas de lixo de uma ilha de plástico do Oceano Pacífico. A fundação por trás da empreitada é a Ocean Cleanup.

Todo o material recolhido das águas é reciclado e vira óculos de sol, que são comercializados. O lucro das vendas é revertido para a companhia, que financia pesquisas e tecnologias em prol da limpeza dos oceanos com o dinheiro.

O único porém é que o Ocean System 002, ou Jenny, consegue capturar apenas os lixos que estão na superfície – e sabe-se que há pelo menos 14 milhões de toneladas de plástico no fundo dos oceanos. Contudo, a criação de Boyan Slat é atualmente o sistema mais eficaz de limpeza das águas e o holandês, que vem desde 2013 trabalhando nele, pretende se aperfeiçoar ainda mais em prol do meio ambiente e dos animais, especialmente dos marinhos.

Continua após a publicidade

Publicidade