Será que o celular está sugando a alma das pessoas?

Esse é o questionamento do fotógrafo francês Antoine Geige.

Por Isabella Otto Atualizado em 17 ago 2016, 17h50 - Publicado em 17 nov 2015, 13h30

Você já prometeu que ia dar só uma última checada no celular antes de dormir, mas ficou navegando por horas e horas? Já se sentiu cansada de ficar olhando para a tela do telefone por muito tempo? Já quis tirar umas férias dessa vida tecnológica? Se a sua resposta para essas perguntas é sim, vai entender o trabalho questionador do fotógrafo francês Antoine Geige .

Antonie criou uma série fotográfica chamada SUR-FAKE, que mostra como as pessoas estão focadas demais em seus aparelhos celulares, enquanto deveriam estar adimirando a paisagem, conversando, vivendo. “A sua auto-alienação atingiu um grau que você pode experimentar a sua própria destruição”, afirma o artista.

De acordo com o fotógrafo, as pessoas estão sendo “sugadas pelo abismo digital, que rompe a relação com o ‘real'”. O principal intuito de Antonie é trazer o indivíduo “de volta”.

E aí, ele te trouxe ou ainda não?

Continua após a publicidade
Publicidade