Sabia que deixar de tomar café da manhã aumenta os riscos de infarto?

Sua mãe já te disse que o café da manhã é a refeição mais importante do dia? Pois é, ela não estava errada...

Por Amanda Oliveira Atualizado em 29 Maio 2019, 09h34 - Publicado em 29 Maio 2019, 09h28

Você já deve ter ouvido alguém dizer que o café da manhã é a principal refeição e que você nunca deve pulá-la. E se você costuma sair de casa sem tomar café, um novo estudo sobre as consequências disso pode te fazer pensar duas vezes antes de deixar essa refeição pra lá. De acordo com a pesquisa divulgada pelo American College of Cardiology, pular a primeira refeição do dia pode aumentar o risco de morte por doenças cardiovasculares.

Giphy/Reprodução

Os pesquisadores realizaram o estudo durante um ano. Os testes foram feitos com pessoas que já sofreram infarto que não costumam tomar café da manhã e jantam perto da hora de dormir e com pessoas que possuem hábitos alimentares regulares.

Segundo o resultado da pesquisa, esses dois fatores aumentam os riscos de não sobreviver a um novo ataque cardíaco – no caso das pessoas que já sofreram um antes. Os dois hábitos alimentares podem aumentar a probabilidade de morte em até 4 a 5x. Para os pesquisadores, o objetivo do estudo é mostrar que hábitos alimentares são, sim, fundamentais para manter o organismo mais resistente.

  • Segundo os nutricionistas, o café da manhã é extremamente importante porque estimula o metabolismo e reduz o hormônio do estresse. Além disso, é a primeira refeição do dia e, consequentemente, a que mais vai te dar força e energia.

    Fica aí o recado: é sempre válido acordar um pouco mais cedo para tomar um café da manhã bem reforçado. Larga de preguiça!

    Continua após a publicidade
    Publicidade