Quarentena global alterou o movimento habitual da crosta terrestre

O seres humanos estão mais quietinhos e, consequentemente, a Terra também está.

Por Isabella Otto Atualizado em 27 abr 2020, 15h35 - Publicado em 4 abr 2020, 10h03

Você já andou de avião? Se sim, já deve ter pensado que não seria uma boa ideia todo mundo levantar de uma vez e ir junto para um lado da aeronave, já que isso poderia desestabilizá-la, certo? Se você tem medo de andar de avião, definitivamente, já teve essa paranoia. (risos nervosos) Existe mesmo um tal de equilíbrio da aeronave, conhecido como aerodinâmica. Mas você sabia que existe também um lance parecido com a Terra?

crosta da terra, planeta
vchal/Getty Images

Tá, meio parecido. Fato é que existe um fenômeno chamado ruído sísmico, que é o barulho gerado pela vibração da crosta terrestre e faz ela se agitar dependendo da movimentação de nós, humanos. Ultimamente, esse ruído tem se tornado bem menor devido à quarentena global em razão do coronavírus.

  •  

    O Observatório Real da Bélgica foi um dos institutos que denunciou a redução dos ruídos, que caíram em até um terço desde que as medidas de distanciamento social foram adotadas no país e na Europa.

    O Instituto de Tecnologia da Califórnia também relatou mudanças na quantidade dos ruídos. No Twitter, a doutoranda Celeste Labedz disse que “a queda é realmente radical” desde os EUA adotaram as medidas de isolamento para tentar diminuir a curva de infectados pelo COVID-19.

    Continua após a publicidade

    Para os cientistas, isso é positivo, já que, quando esses “ruídos de fundo” são menores, fica mais fácil identificar terremotos leves e outras perturbações na crosta terrestre.

    Quem diria que nosso ir e vir influenciasse tanto assim no comportamento do Planeta, né? Legal demais!

    Continua após a publicidade
    Publicidade