Professor usa Pokémon Go para ensinar geografia aos seus alunos

Assim fica até divertido mexer com mapas, hein?!

Por Marcela Bonafé Atualizado em 9 nov 2017, 12h46 - Publicado em 17 ago 2016, 18h00
Lembra como era legal aquela época em que você aprendia cartografia nas aulas de geografia? Não, né?! Realmente, não era tão divertido ficar desenhando e identificando pontos em mapas. Mas e se você tivesse essa matéria hoje e o seu professor aparecesse na sala com a proposta de usar Pokémon Go durante a aula? 
Foi o que um professor do 3º ano da Escola Municipal Professora Regina Mallouk, em São José do Rio Preto (SP), pensou. Leandro Ferreira sempre gostou muito de videogames e enxergou um potencial no novo jogo de realidade aumentada para ensinar e entreter seus alunos, que têm entre 8 e 9 anos.
Foto: Reprodução/Divulgação

“Fomos às ruas divididos em grupos para mapear o entorno da escola. Colocamos no mapa pontos de ônibus, telefones públicos, casas dos alunos, supermercados e, é claro, pokestops e locais mais comuns para o aparecimento de pokémons”, contou ao G1. “Como professor, busco sempre a inclusão de novas tecnologias no processo de ensino/aprendizagem”, completou.

Depois de todo o trabalho de pesquisa que eles fizeram pelas ruas enquanto jogavam Pokémon Go, os estudantes tiveram que montar mapas em sala de aula. Além disso, precisaram escrever redações retratando problemas sociais do bairro que puderam conhecer melhor.
Foto: Reprodução/Divulgação

Leandro ainda aproveitou para dar algumas orientações às crianças sobre o jogo. “Os alunos foram orientados, por exemplo, a sempre jogarem em grupo ou com um adulto, a não atravessarem a rua olhando para o celular e a não pularem muros“, explicou.

Com certeza foi um método de aprendizagem bem mais divertido do que o tradicional, né? O que você achou da ideia do professor?

Publicidade