Pobreza menstrual: um problema que precisa ser discutido

Em todo o mundo, milhões de garotas menstruam sem contar com as condições mínimas de higiene

Por Abril Branded Content Atualizado em 23 abr 2021, 17h25 - Publicado em 26 abr 2021, 10h00

A pobreza menstrual é, infelizmente, a realidade de milhões de garotas e mulheres ao redor do mundo. São moradoras de rua, de abrigos ou campos de refugiados que enfrentam, mês a mês, as dificuldades de menstruar sem contar com produtos adequados, água encanada e um banheiro com privacidade.

O impacto da falta de itens básicos de higiene vai além do constrangimento e do desconforto. Sem alternativa, muitas meninas arriscam a própria saúde ao improvisar absorventes com retalhos de panos sujos, sacolas plásticas e jornais. Outras deixam de ir à escola durante o período menstrual porque não contam com instalações ou materiais necessários. Essas faltas acabam prejudicando não só o desempenho escolar, mas também o futuro dessas garotas.

Infográfico com dados do Instituto Trata Brasil
ABC/iStock

Vamos virar esse jogo?

Diariamente 800 milhões de mulheres e meninas ao redor do mundo menstruam. Dessas, 50 milhões não contam com instalações adequadas para lidar com o período menstrual, de acordo com a Plan International, ONG que defende os direitos de crianças, adolescentes e jovens pelo mundo e tem como foco principal promover a igualdade de gênero.

Esse cenário só vai mudar se falarmos abertamente sobre a menstruação, romper estigmas e esclarecer dúvidas, certo? Intimus, por exemplo, apoia vários projetos de educação e higiene menstrual da Plan International, como a ação Higiene Menstrual, que busca garantir que meninas e mulheres possam administrar seus períodos menstruais com mais confiança e livres de estigmas, seja através da criação de espaços sanitários acolhedores e melhoria do acesso a produtos de higiene menstrual ou por meio de campanhas para promover a conversa, desconstruir estigmas e educar a respeito da menstruação.

Intimus também apoia a WASH United, ONG idealizadora do Dia da Higiene Menstrual, comemorado em 28 de maio em todo o mundo. O objetivo da data é incentivar a conscientização, romper o silêncio e mudar as normas sociais negativas em torno da menstruação. Só assim será possível criar um mundo onde meninas e mulheres tenham a oportunidade de lidar com a sua menstruação de maneira segura, higiênica e confiante.

Se cada uma fizer a sua parte, a gente finalmente vai alcançar a dignidade menstrual para todas! E, fique de olho, no perfil de Intimus haverá uma live com a Plan no dia 26 de abril, às 19 horas, com a participação das meninas da Casa do Novo Ciclo para dialogar sobre a pobreza menstrual e seu impacto, especialmente nos países latino-americanos.

Continua após a publicidade

Publicidade