Dicas para não passar aperto com banheiro público no Carnaval e na vida

Será que dá mesmo para contrair alguma doença só de sentar no vaso sanitário?

Por Marcela Bonafé - Atualizado em 21 fev 2020, 18h34 - Publicado em 21 fev 2020, 16h00

Carnaval é realmente muito divertido, mas quem gosta de sair para curtir os bloquinhos de rua não pode se esquecer de alguns detalhes importantíssimos para não se arrepender depois. Além de cuidar dos próprios pertences e abusar do protetor solar, por exemplo, é fundamental se preocupar com saúde. Um fator que muita gente nem pensa, mas pode ser bastante perigoso, é o uso de banheiros públicos, principalmente os químicos.

Conversamos com a ginecologista Mariana Maldonado, que dá algumas dicas para você poder curtir muito sem correr riscos na hora de ~se aliviar~. A questão mais importante que ela destaca é: “Evite o contato direto com as superfícies, principalmente com o vaso sanitário, por conta da sujeira do ambiente”. Para isso, o ideal é ficar agachada, mas se não conseguir, não se esqueça de forrar o assento antes de sentar-se. Muita gente acha que isso é para evitar alguma DTS (doença sexualmente transmissível), mas a questão não é essa.

Sério? Então quais são os riscos?
Sério? Então quais são os riscos? GIF/Reprodução

“Como o próprio nome diz, você precisa ter um contato íntimo com alguém. No banheiro público, você não consegue pegar, por exemplo, HPV, sífilis, HIV, gonorreia, clamídia, tricomoníase, candidíase…”, ela explica. Isso não quer dizer que, no entanto, você esteja livre de doenças nesse ambiente. Toda a sujeira, principalmente do vaso sanitário e da água contaminada, pode te trazer doenças de pele – o que também é muito desagradável, então é melhor evitar mesmo o contato com qualquer superfície, né?

Outro detalhe que não deve ser deixado de lado são as medidas de higiene básica. Muitos banheiros públicos não têm nem papel, então a dica da Dra. Mariana é: “Sempre que for sair de casa, leve o seu papel higiênico na bolsa ou, preferencialmente, lencinho umedecido para fazer a higiene melhor”. E depois, não se esqueça de lavar muito bem as mãos. Vale incluir no seu pequeno kit uma embalagem pequenininha de álcool gel. Acredite, ela pode te salvar!

Continua após a publicidade
Aquela cara quando você entra em um banheiro público com cheirinho desagradável...
Aquela cara quando você entra em um banheiro público com cheirinho desagradável…

Se o banheiro for químico, é importante ressaltar que todos esses cuidados indicados pela ginecologista devem ser redobrados. “Afinal, o banheiro químico recebe uma quantidade muito grande de pessoas, então é difícil higienizar e manter higienizado”, ela aponta.

Então se prepare, coloque o kitzinho de higiene na bolsa e bom Carnaval!

Publicidade