‘Ninguém me ajuda’, posta jovem no Twitter antes de se matar

Após vários pedidos de ajuda na internet, Lexi Williams se jogou de uma ponte.

Por Amanda Oliveira - 3 dez 2017, 16h15

Muitas histórias de pessoas com depressão só são ouvidas quando já é tarde demais. Infelizmente, esse também foi o caso da adolescente Lexi Williams, de 16 anos, que chegou a desabafar no Twitter, mas ninguém a deu atenção. Semanas depois, ela se suicidou.

Lexi se suicidou no final de 2016. Instagram/Reprodução

Alexis Nichole Williams estudava na Ashbrook High School, na Carolina do Norte, nos Estados Unidos. Aos 16 anos, ela sofria de depressão e demonstrava sinais nas redes sociais. Sabia que precisava de ajuda e, diversas vezes, pediu em sua conta no Twitter. Em um dos desabafos, ela escreveu: “Quando você tenta conversar com sua mãe sobre seu estresse e problemas de saúde mental e ela te manda superar :)”.

Twitter/Reprodução

Lexi também publicou frases como “Eu não sei o que está acontecendo”, “Eu mereço felicidade :(“, “Eu tenho implorado por ajuda e ninguém me ajuda” e “Estou tentando aprender o que significa me ‘amar’“. Em um dos tweets, uma pessoa respondeu “você reclama muito”.

Semanas depois, Lexi foi até a ponte Cox Road no meio da tarde e se jogou. Um memorial com flores e velas foi feito no local por pessoas que se comoveram com a morte da garota. Conselheiros acreditam que quando uma pessoa procura um lugar público para cometer suicídio, no fundo ela espera que alguém a faça mudar de ideia. No caso de Lexi, ninguém a impediu.

A ponte ficava em Gastonia. Eric Wildstein/The Gazette/Twitter/Reprodução

A história de Lexi é mais um alerta para as pessoas darem ouvidos a quem precisa de ajuda. Se alguém tivesse mostrado a ela o quanto a vida dela importa e oferecido uma mão para fazê-la melhorar, provavelmente o desfecho teria sido diferente. Pais, não ignorem seus filhos!

 

Continua após a publicidade
Publicidade