Nasa garante que em 2020 um asteroide pode de verdade colidir com a Terra

Ainda há esperança e ela se chama 2018 VP1! =P

Por Gabriela Junqueira - Atualizado em 21 dez 2019, 11h03 - Publicado em 21 dez 2019, 10h03

Todo ano vemos notícias falando sobre corpos celestes que podem colidir com o nosso pequeno planeta azul. E, é verdade, a gente já fica imaginando aquelas cenas de filmes de fim de mundo, né? Mas, desta vez, a NASA acredita que existam possibilidades r-e-a-i-s de um asteroide atingir a Terra em 2020! Que bela virada de década, não?! (risos)

ANDRZEJ WOJCICKI/SCIENCE PHOTO LIBRARY/Getty Images

De acordo com fontes como o site Space Reference e o observatório Sormano Astronomical Observatory, o asteroide em questão é o 2018 VP1. Ele foi descoberto no início do último mês de novembro (por isso o número em seu nome) e alcança a surpreendente velocidade de 34 mil quilômetros por hora.

O corpo celeste faz parte de um grupo de objetos próximos à Terra classificado como “potencialmente perigoso”, que é como são denominadas outras rochas que podem atingir o planeta em algum momento. A chance de colisão é de uma em 240 em 2020. Contudo, pode ser que o objeto só chegue por aqui em 2025. Mas a chance de isso acontecer é ainda mais remota: uma em 3 milhões.

A estimativa inicial é que ele colida com nosso planeta no dia 2 de novembro. Ou seja, teremos a chance de viver pelo menos uns meses do começo da nova década. Mas é aquela coisa: não se empolga muito, viu? O 2018 VP1 pesa ~apenas~ 16 mil quilos e tem 2 metros de diâmetro. Se a colisão realmente acontecer, o asteroide provavelmente se desintegrará ao entrar na atmosfera.

Ufa ou aff?

Continua após a publicidade
Publicidade