#NãoSejaUmPorque: Twitter discute a importância de 13 Reasons Why

Quem já assistiu à série está tentando conscientizar as pessoas por meio da tag.

Por Marcela Bonafé - Atualizado em 2 abr 2017, 18h16 - Publicado em 2 abr 2017, 18h11

Atenção: A matéria pode conter algum spoiler.

A tão aguardada série “13 Reasons Why”, baseada no livro de Jay Asher, estreou na última sexta-feira (31/03) e já tem repercutido muito nas redes sociais. Ela conta a história de Hannah Baker, uma estudante que cometeu suicídio e deixou 13 fitas destinadas às 13 pessoas que tiveram a ver com a morte dela de alguma forma.

Produzida por Selena Gomez, a série mostra claramente como algumas atitudes que as pessoas têm, principalmente na época da escola, podem impactar a vida de alguém negativamente, mesmo que tenha sido sem querer. Hannah sofreu bullying de diversos estudantes que um dia pensou que fossem seus amigos – sem falar dos assédios sexuais e do estupro que a traumatizaram.

A questão é que a série chamou atenção para o bullying, que é algo muito sério, e a tag #NãoSejaUmPorque está nos trending topics no Brasil. Nela, o pessoal está dando exemplos do que devemos fazer para evitarmos que outras pessoas cheguem ao ponto que Hannah chegou.

Outra coisa que é importantíssima destacar é que além de colocar essas coisas em prática, é essencial que as pessoas também não se calem. Muitas vezes vemos alguém sofrendo, sabemos de alguma situação horrível e acabamos deixando para lá achando que não tem a ver conosco. Tem a ver com todos. Denuncie um abuso, defenda um colega, preste mais atenção às pessoas.

O bullying é real, a depressão também é – e também são a causa de muitos casos de suicídio pelo mundo. Precisamos fazer alguma coisa e assistir a 13 Reasons Why é um bom começo para entender o que podemos mudar. Vale lembrar que no Brasil temos o Centro de Valorização à Vida para ajudar na prevenção do suicídio. O telefone é 141 e também dá para conversar com eles pelo website.

 

Continua após a publicidade
Publicidade