Na contramão dos algoritmos, TikTok domina a indústria da internet

Conversamos com uma especialista em CEO e TikTokers para listar as principais perspectivas da plataforma para 2022

Por Da Redação Atualizado em 15 jan 2022, 09h57 - Publicado em 15 jan 2022, 10h05

O TikTok*, lançado em 2016 com o intuito de promover o compartilhamento de vídeos, tem ganhando cada vez mais destaque no mercado de comunicação, sendo hoje uma ferramenta fundamental na construção de marcas e influenciadores no meio digital. Isabela Soller, CEO da Soller Assessoria, explica que a indústria da internet mudou com a chegada da rede social: “O TikTok entrou para balançar o mercado que estava quase sobre o monopólio do Instagram. Eu acho interessante essa questão da possibilidade de ter outros tipos de plataforma e trabalhar outras ferramentas, em mais de um lugar, pois possibilita maior circulação da nossa imagem. Também enxergo que o aplicativo nos leva para uma visão de conteúdo em vídeos bem mais dinâmico do que o Instagram. Isso inclusive fez com que o Instagram corresse atrás e criasse o Reel, investindo na edição e no engajamento”, explica.

Foto de um celular mostrando a tela de início do TikTok. Ao fundo, 2022 escrito em dourado
Filip Radwanski/SOPA Images/LightRocket/Getty Images

Isabela comenta que o App se tornou uma plataforma mais relevante do que o Insta para certos públicos, principalmente de uma faixa etária entre 15 e 20 anos. Ela explica também como se destacar no TikTok: “Por ser uma plataforma focada em vídeos, e ser muito atual e divertida, atraiu muito o olhar de um pessoal mais antenado e mais jovem. Para se destacar é preciso ousar, ser inusitado e diferente. Quanto mais diferente e ousado, mais você emplaca. Então, depende muito do atual e moderno, as edições e inserções dependem dessas questões“, conta ela.

A atriz Catarina Dantas é uma usuária assídua da plataforma e explica que o Tik Tok pode agregar diversos assuntos e diferentes formatos de vídeo. “Além de fazer vários conteúdos sobre menstruação, e a minha experiência em relação à essa fase, já que menstruei um ano direto, depois coloquei um chip e parei para sempre, no aplicativo também falo sobre relacionamentos, dou conselhos e também costumo fazer vídeos atuando. Esses diferentes conteúdos que produzo acabam chamando a atenção de muitos diretores, muitas pessoas importantes que assistem e elogiam meu trabalho“, dá a dica.

@catdantas TIVE QUE IMPROVISAR NA VELA KKKKKK //#QPTS #catarinadantas #fyp #pov @lucasranngel ♬ original sound – Cat Dantas🤍

Para ela, a maior recompensa da produção de conteúdos é o feedback positivo e o reconhecimento do seu trabalho: “O feedback é muito legal, porque é um reconhecimento dos meus esforços, principalmente porque, além de atuar, eu dirijo e escrevo o roteiro dos vídeos. O TikTok é como uma escola e você aprende na prática. A interação com os seguidores também me motiva a criar coisas o tempo todo e a sempre melhorar. A plataforma me abriu muitas portas, meu público cresceu bastante, as pessoas me reconhecem na rua, e isso reflete também nos meus contratos e parcerias de publis“, explica.

Continua após a publicidade

Isabela Soller enfatiza como as redes sociais fazem a diferença como ferramenta profissional, abrindo oportunidades aos criadores de conteúdo, como é o caso de Catarina. “As pessoas usam os vídeos mais divertidos para quebrar essas barreiras com o consumidor. Levar o produto de uma forma leve, dinâmica e divertida. Estar perto dos seus parceiros e clientes e consumidores de uma forma menos formal é a chave. Sem conta que a criatividade, o formato do produto e o engajamento podem abrir grandes oportunidades para os criadores”, salienta Soller.

As dublagens e a atuação são temas muito vistos no TikTok. Uma das adeptas desse formato é a atriz de Verdades secretas 2, Malu Ogata, que conta também o que gerou seu crescimento na plataforma. “Eu amo compartilhar dublagens, é legal fazer um personagem em 30 segundos. Gosto muito também de postar vídeos no pole dance, o qual pratico, mostrando assim o empoderamento da dança. Acredito que meu crescimento no App se deu com o comprometimento com a publicação dos vídeos. Antes da correria das gravações, postava em média dois vídeos por dia para manter a frequência e o conteúdo“, explica Malu.

@maluogata 😂😂😂 #foryou #fy #fyp ♬ Bananza (Belly Dancer) – puhrplehqze💜

Por fim, Soller destaca as perspectivas do TikTok para 2022: “Acredito que o alinhamento entre os criadores de conteúdo e as ferramentas da rede social vai ser algo benéfico e é provável que não teremos tanta dependência para entregas e algoritmos. Acredito que a rede social vai cada vez mais ser uma ferramenta de trabalho, uma vitrine mesmo“, finaliza.

 

*: Lorrayne Nascimento, redatora da Agência Black, colaborou com o texto.

Continua após a publicidade

Publicidade