Mulheres começam sétima temporada de Game of Thrones tombando

Diga que o Norte se lembra!

Por Isabella Otto - 17 jul 2017, 16h20

Não é de hoje que as personagens femininas de Game of Thrones desempenham papéis importantes na trama. Algumas já sofreram bastante e outras até foram julgadas erroneamente pelo comportamento nada girl power, como aconteceu com Sansa Stark nas primeiras temporadas. Contudo, as reviravoltas foram muitas e hoje a história reforça a máxima de que ninguém nasce sabendo – mas que todas nós podemos aprender, entender e mudar de opinião.

Arya Stark: um exemplo de determinação, força, coragem e inteligência. Reprodução/Reprodução

No primeiro episódio da sétima e última temporada de GoT, as meninas assumiram o controle e se destacaram mais que qualquer outro personagem – inclusive, mais que o próprio Jon Snow, um dos queridinhos do público. Muitos imaginavam que o episódio “Dragonstone” seria dominado por Daenerys Targaryen. Ela esteve lá, mas nem de longe foi o foco principal. Aliás, as meninas mais novas mostraram que têm muitíssimo a dizer e fazer!

1. Lyanna Mormont, a pequena Senhora da Ilha dos Ursos, transformou outros personagens em meme por ser muito mais #badass que qualquer Montanha ou dragão. Sorry, not sorry!

 

Continua após a publicidade

2. No primeiro episódio da sétima temporada, a jovem também mostrou que não quer nem vai ser liderada por homens enquanto pode estar no comando. 

 

Continua após a publicidade

3. “Lyanna defendendo a participação das garotas na Armada do Norte mostra a revolucionária representação das mulheres fortes na mídia atual”, afirmou uma fã de GoT, provando que estamos sendo ouvidas e fazendo nosso papel. 

 

Continua após a publicidade

4. Arya Stark é uma das personagens mais fortes da trama, que desde o início, quando era apenas uma criança, já mostrava traços de liderança. Determinada, ela está chegando aos seus objetivos por si só. 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

5. Em “Dragonstone”, Arya vingou parte de sua família que foi morta durante o Casamento Vermelho. Mas o que chama mais a atenção é a fala da garota, denunciando o machismo e expondo que ele, apesar de ser muitas vezes romantizado, não passa de um ato de covardia.

 

Continua após a publicidade

6. “Liberdade significa fazer nossas próprias escolhas”, ensinou a eterna Khaleesi. Falou pouco, mas falou bonito!

 

Continua após a publicidade

7. E, é claro, chegamos a ela: Sansa Stark. Uma personagem que ganhou a admiração do público e que hoje é uma mulher durona e esperta, calejada e corajosa. Tanto é que, no primeiro episódio de #GoT7, ela enfrenta Jon Snow, deixa claro que não concorda com tudo o que ele diz e expõe o seu ponto de vista sem medo. Enganada e manipulada? Nunca mais!

 

Continua após a publicidade
Publicidade