Mulher-Maravilha é a nova (super)embaixadora da ONU Mulheres

Já pode colocar em prática nossos superpoderes? Há!

Por Isabella Otto 15 out 2016, 12h20

Sabe quem está prestes a juntar forças com Emma Watson e lutar a favor de nós, garotas, na ONU (Organização das Nações Unidas)? Se você respondeu que é a Mulher-Maravilha, acertou! A Entertainment Weekly divulgou que a super-heroína da DC será nomeada embaixadora da ONU durante cerimônia que acontecerá no dia 21 de outubro, mesma data em que a personagem comemora 75 anos. É festa em dose dupla!

Mulher-Maravilha será nomeada embaixadora da ONU Mulheres

O intuito da iniciativa é trazer visibilidade para temas como igualdade de gênero e empoderamento feminino, metas globais da Organização para os próximos 15 anos. A Mulher-Maravilha, que já foi interpretada por atrizes como Lynda Carter e Gal Gadot, possíveis nomes na cerimônia honorária, é um símbolo da força feminina nos quadrinhos, que, várias vezes, retrata as mulheres como sendo fracas. Apesar da hipersexualização, a personagem empodera as meninas e mostra que elas têm força para serem suas próprias super-heroínas.

A nomeação só será oficializada no dia 21, mas você já pode chamar a personagem americana de embaixadora, sim. E nós estamos muito contentes com isso! É mulher, é super-heroína, é geek, é lacradora!

 

+ Leia mais: Mulher-Maravilha é lésbica, defende atual roteirista da HQ

Continua após a publicidade

Publicidade