Mãezona! Kaya Scodelario denunciou assédio pensando no filho

'Consentimento é uma conversa honesta e aberta que vou ter com meu filho desde muito cedo', garante a atriz.

Por Isabella Otto Atualizado em 7 fev 2018, 13h00 - Publicado em 7 fev 2018, 12h30

Em outubro de 2017, Kaya Scodelario revelou que tinha sido assediada sexualmente por um parente durante a adolescência. No Twitter, incentivada pelos depoimentos da campanha #MeToo, a atriz contou que, apesar de tudo, o assediador ainda é protegido por alguns membros da família. “Ele contou mentiras para os jornais para tentar me silenciar. Não mais! Eu quero agradecer a cada pessoa que falou sobre seus casos de assédio e estupro recentemente. Vocês me encorajaram a finalmente quebrar o silêncio e não mais temer“, escreveu.

Larry Busacca/Getty Images

Kaya, que é a capa da Marie Claire UK de fevereiro, falou mais uma vez sobre a denúncia à revista. “Pareceu o momento certo. Eu tinha o suporte online de todas essas mulheres que eu nunca conheci e só estavam esperando para se sentirem empoderadas de volta”, afirmou. A atriz também contou que, quando esteve no Brasil para promover Maze Runner: Prova de Fogo, em 2015, recebeu visitas e ameaças de membros da família, que ainda hoje tentam intimidá-la.

  • A mãe da atriz meio inglesa, meio brasileira, sempre esteve ciente do assédio sofrido pela filha e a apoiou em todos os momentos. Para Kaya, esse foi um grande diferencial. A intérprete de Teresa, de Maze Runner, diz que fez a denuncia pensando na mãe, mas não exclusivamente nela. “Um monte de gente diz para mim: ‘você interpreta garotas fortes no cinema, então as garotas pequenas podem se inspirar em você?’. Eu respondo: ‘eu faço isso para inspirar os meninos pequenos também’. Agora, eu estou criando um filho. Eu quero que ele se inspire em mim. Consentimento é uma conversa honesta e aberta que vou ter com meu filho desde muito cedo“, garantiu a atriz em entrevista à Marie Claire.

    Quando esteve no Brasil para a premiere de Prova de Fogo, Kaya Scodelario deu um pulinho na redação da CAPRICHO e gravou um vídeo incrível respondendo comentários machistas que toda mulher já cansou ouvir. Olha só que mulher:

    Se, na ficção, ficamos na dúvida sobre amar ou não a Teresa, na vida real, não há discussão: somos só amor pela Kaya!

    Continua após a publicidade
    Publicidade