Homens se chocam ao descobrir que seios naturais ainda existem

Parece até matéria do 'Sensacionalista', mas a gente jura que não é!

Por Isabella Otto Atualizado em 22 mar 2018, 13h37 - Publicado em 14 fev 2018, 17h04

A Quarta-feira de Cinzas chegou e, com ela, o fim de um dos feriados mais animados, coloridos e cheios de glitter do ano! O Carnaval 2018 foi marcante por várias razões: teve protesto nos blocos de rua, nas avenidas do samba, teve Bloco Emo dando ~razões e emoções~ para a galera de São Paulo, teve representatividade em Salvador, famílias reunidas em Olinda e discussões importantes sobre corrupção, racismo e homofobia. Rolaram discussões também sobre seios, mas essas não foram tão maravilhosas assim.

  • Quer dizer… Pensando bem, elas foram, sim! Apesar da quantidade inimaginável de gente falando que os seios da Bruna Marquezine são caídos, a resposta das mulheres nas redes sociais foi empoderadora. Elas, além da darem uma aula sobre essa parte do corpo feminino ainda tão hipersexualizada, esbanjaram sororidade e lutaram contra o machismo que ainda permeia tais discursos de ódio disfarçados de “minha opinião”

    Tudo começou quando o look escolhido pela atriz para curtir o Bloco da Favorita, no Rio de Janeiro, caiu na rede. Bruna Marquezine escolheu um top sustentado com pedrarias, que cobria apenas os mamilos e a parte inferior das mamas. Ela estava linda, fabulosa, carnavalesca, mas entre muitos comentários elogiosos, um ou outro homem (e, infelizmente, uma ou outra mulher) teve a capacidade de enxergar defeitos nos seios da carioca de 22 anos. “Caídos” e “murchos” foram alguns adjetivos usados por vários internautas que tiveram uma revelação e descobriram, pela primeira vez na vida, os seios naturais de uma mulher.

    Wooooow Reprodução/Reprodução

    Preocupante, né? Ainda mais quando nos damos conta de que (1) adolescentes se basearam em jogos de videogame, filmes e conteúdos online (todos hipersexualizados e que tratam as mulheres como objetos) para formar essa opinião; (2) homens mais velhos, “vividos” e, inclusive, casados, parecem desconhecer totalmente o corpo feminino; e (3) mulheres criticaram outra mulher e contribuíram mais uma vez para a cultura tenebrosa dos padrões de beleza.

    Esta matéria, então, serve como um lembrete para que as pessoas se deem conta de que seios naturais existem e são diferentes dos seios com silicone. Não há certo ou errado. Apenas diferenças. Inclusive, vocês sabem que nenhum seio é igual a outro, né? Os siliconados também estão inclusos nessa lista. Aliás, seus seios nunca, jamais, sob hipótese alguma, serão milimetricamente semelhantes. Sabia que 65% das mulheres têm o seio esquerdo maior que o direito? Normal, sem neuras, anotem aí.

    Agora, meninas, imaginem só como esses homens que implicaram com as ~peticholas~ lindas da Bruna Marquezine vão reagir quando descobrirem que os seios podem ter estrias e até um ou outro pelinho ao redor da aréola? Já preparem o cilindro de oxigênio, pois eles não vão aguentar! (risos irônicos)

    E a descoberta desses seres (aonde vivem? O que comem?) não param por aí! Cléo Pires também decidiu colocar os peitos pra jogo e customizou seus abadás de maneiras bastante únicas. Olha só:

    Deusa do amor que fala, né? Reprodução/Reprodução

    O que aconteceu logo depois que essas fotos caíram na rede? Exato, mais uma orla de machos veio dizer que a atriz também tinha peitos caídos e não simétricos. Mais uma vez ficou comprovado que muitos homens não sabem nada sobre o corpo feminino. Então, lá vamos nós com mais uma curiosidade: especialistas dizem que há quatro formatos diferentes de mamilos. São eles os “normais”, que sempre são um pouquinho mais saltados em relação à aréola; os “planos”, que só se sobressaem da aréola quando são estimulados; os “inchados”, em que a própria aréola também é um pouco elevada; e os “invertidos”, que, como o nome indica, são para dentro. Temos muitas ressalvas com relação a essa classificação de “normal”, mas foi uma denominação dada pelos próprios pesquisadores. Ah! Os mamilos também têm cores e tamanhos variados. Sempre bom (re)lembrar, né?

    É essencial também dizer que nem todas as mulheres sentem tesão ao terem os seios estimulados. Algumas gostam, outras se sentem extremamente incomodadas e há ainda aquelas que são indiferentes ao toque. Quer mais uma curiosidade? Algumas garotas chegam ao orgasmo só tendo os seios estimulados. Coisa de louco, não? Na matéria 11 segredos e curiosidades sobre os seus seios, você encontra mais um montão de fatos incríveis sobre essa parte do corpo.

    Peitos, peitos, peitos! Reprodução/Reprodução

    Para encerrar, vamos citar algo muito sábio que Jojo Todynho disse durante o Carnaval: “Língua pra falar todo mundo tem” – mas, na hora do vamos ver, quando se deparam com um peitão bonito (que não pertence à personagem do GTA), não sabem nem o que fazer. Citando mais uma vez nossa querida Jojo: “Meu padrão sou eu, não a sociedade”.

    Sim, nós existimos. Desabamos alguns centímetros quando nos libertamos do sutiã, temos diferentes formatos e mamilos, algumas estrias, um ou outro pelo ao redor da aréola, tamanhos diferentes e somos mais molengas que os siliconados. Mas é minha dona quem manda em nós e esperamos que ela não nos coloque em contato com um qualquer machista e desinformado por aí.

    Att.,
    Seios naturais

    Continua após a publicidade
    Publicidade