Golfinhos retornam aos canais de Veneza após isolamento de humanos

Moradores da cidade italiana, em situação de quarentena, registraram golfinhos, peixes e cisnes passeando pela águas agora cristalinas dos canais

Por Isabella Otto - Atualizado em 19 mar 2020, 15h04 - Publicado em 19 mar 2020, 14h10
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Depois da China, a Itália é o país que atualmente enfrenta o pior cenário com relação à pandemia de coronavírus. A situação de isolamento fez com que lugares turísticos, como Veneza, começassem a receber novamente a presença de animais que há tempos não visitavam a região. Estamos falando de peixes, cisnes e até golfinhos!

Reprodução/Reprodução

Marco Capovilla, que mora na cidade, fez alguns registros próximos à Praça de São Marcos, uma das mais famosas. Sem humanos, os golfinhos agora fazem a festa nas águas cristalinas do canais, que ficaram bem mais limpos após o estado de quarentena ser decretado. “A cidade não tem esgotos, então normalmente tudo vai para dentro dos canais, incluindo detergentes e comésticos. Graças à quarentena, nós estamos vivenciando um meio ambiente mais limpo (…) A natureza recupera seus espaços”, declarou em entrevista ao Daily Mail.

Outro fato que chama a atenção em meio à crise causada pelo surto do COVID-19 é a brusca queda global da poluição do ar. Países como China, o atual maior poluente da Terra, praticamente zerou suas emissões de NO2 depois de interromper suas atividades industriais e decretar quarentena. A emissão de NO2 na Itália também caiu drasticamente. A tendência é que tenhamos um ano “mais limpo” – porém, com uma grave crise econômica, é verdade.

Martina Bettoni, amiga do italiano Marco Capovilla, que fez os registros principais em Veneza, contudo, vê uma luz no fim do túnel: “Espero que a gente aprenda com esse período trágico e, quando isso acabar, Veneza esteja habilitada a se balancear entre os turistas e a limpeza“.

Continua após a publicidade

Veja os registros dos animais passeando pelos canais de Veneza:

Publicidade