Garotas desmascaram ‘fotos perfeitas’ em praias postadas na web

'Fotos de pessoas parecendo maravilhosas na praia, na maioria das vezes, são planejadas e por isso parecem tão boas.'

Por Isabella Otto - Atualizado em 18 jan 2017, 14h52 - Publicado em 18 jan 2017, 12h20

Há algo que precisa ser dito – caso você ainda não tenha percebido sozinha, o que achamos bastante difícil: no Instagram, tudo é uma questão de ângulo. E não há problema nenhum nisso! Afinal, a gente pode buscar nosso melhor ângulo para nos sentirmos mais confiantes nas redes. Contudo, na busca pela perfeição (o que é a perfeição, afinal?), algumas garotas ficam com a autoestima lá embaixo ao ver fotos de instagramers, musas fitness e amigas na praia, arrasando com seus “corpões sarados”.

A verdade por trás das fotos no Insta de garotas divando na praia

Mas você já reparou como as fotos de pessoas na praia segue sempre uma mesma linha? Com o braço despretensiosamente levantado para alongar a silhueta, com as mãos nas laterais da barriga para afinar a cintura, com o corpo levemente posicionado para trás para deixar a barriga mais reta. Sara Puhto, uma tailandesa de 20 anos, postou em seu Instagram uma espécie de manifesto para que as pessoas não se deixem enganar por tais imagens. “As fotos abaixo foram tiradas outro dia na praia. A da esquerda mostra como eu fico quando estou relaxada e sem posar. Basicamente, como eu me pareço em 99% do tempo em que uso biquíni. A da direita mostra como eu fico em um lugar com boa luz, flexionada e fazendo pose. Eu queria dividir essas imagens, porque eu sei como é entrar no Instagram e ver fotos de pessoas parecendo maravilhosas na praia, que, na maioria das vezes, são planejadas e por isso parecem tão boas“, desabafou a Instagram.

View this post on Instagram

Not a transformation photo 🙅🏼🌿 These were taken a few seconds apart while I was at the beach the other day, the photo on the left is what I look like relaxed and not posing, basically how I look 99% of the time in a bikini! And the one on the right is how I look in good lighting, flexed and posing 😁 I wanted to share this because I know how it feels to go through Instagram and see photos of people looking amazing on the beach- which are usually planned and not candid, that's why they look so good. So don't get caught up on how they look and compare that to your everyday relaxed body. It is completely normal to not have abs or look lean all the time! Love the body you have in all its forms, especially when you see it in "bad" lighting, angles and completely relaxed. You are beautiful and shouldn't have to go through life disliking how you look! I hope you all have an amazing day 🌴☀️

A post shared by Sara Puhto (@saggysara) on

Continua após a publicidade

Para a tailandesa, é importante amar o seu próprio corpo, principalmente quando ele está em seu pior ângulo e completamente relaxado. “Você é bonita e não deve passar por essa vida se odiando”, aconselha Sara, que foi apoiada por Anna Victoria, uma musa fitness da rede social que tem mais de um milhão de seguidores. “Eu em 1% do tempo contra eu em 99% do tempo. E eu amo as duas fotos na mesma intensidade. Bons ou maus ângulos não mudam o seu trabalho(…) Conforme eu vou ficando mais velha, vou ganhando algumas celulites e marcas que não vão embora(…) Esse corpo é forte, pode correr milhas, pode levantar, agachar, empurrar e puxar peso por aí, e é feliz não por causa de como ele se parece, mas por causa de como ele se sente“, escreveu a influenciadora.

View this post on Instagram

Me 1% of the time vs. 99% of the time. And I love both photos equally. Good or bad angles don't change your worth ❤️ I recently came across an article talking about how one woman stated she refuses to accept her flaws, because she doesn't see them as flaws at all. I LOVED that because it sends such a powerful message that our belly rolls, cellulite, stretch marks are nothing to apologize for, to be ashamed of, or to be obsessed with getting rid of! As I'm getting older, I have cellulite and stretch marks that aren't going away, and I welcome them. They represent a life fully lived (for 28 years so far :)) and a healthy life and body at that. How can I be mad at my body for perfectly normal "flaws"? This body is strong, can run miles, can lift and squat and push and pull weight around, and it's happy not just because of how it looks, but because of how it feels. So when you approach your journey, I want you to remember these things: I will not punish my body I will fuel it I will challenge it AND I will love it 💗💗💗 If you're following my page, you're a part of helping me spread this message and creating this movement – thank you. #fbggirls #realstagram www.annavictoria.com/guides

A post shared by Anna Victoria (@annavictoria) on

Por isso, não deixe de postar o seu melhor ângulo, se você se sente confortável e feliz dessa maneira, mas também não deixe de viver só porque você não é o seu melhor ângulo em 100% do tempo. Ninguém é. E essa é a beleza da vida – embora algumas pessoas insistam nos velhos e errados clichês do Verão:

Garotas desmascaram 'fotos perfeitas' em praias postadas na web
Reprodução

Alô! Já estamos em 2017, galera. Até quando?

promo-volta-as-aulas2017
Continua após a publicidade
Publicidade