Estudante é preso por hackear sistema da faculdade e mudar notas

Ele ainda salvou alguns dados pessoais de professores e estudantes em seu computador

Por Marcela Bonafé Atualizado em 19 jan 2021, 17h30 - Publicado em 3 out 2016, 14h27

Ninguém gosta de ir mal em uma prova, né? Depois tem que ficar correndo atrás para recuperar a nota e pode dar uma baita dor de cabeça. Só que para um estudante da universidade de Kennesaw, nos Estados Unidos, essa situação foi ~um pouco~ mais dramática. Na tentativa de melhorar as notas, ao invés de estudar, ele resolveu hackear o sistema e simplesmente alterá-las. Resultado: foi preso!

Chase Arthur Hughes usou o acesso à internet de sua namorada para entrar no programa da universidade e mudar sua nota “B” (equivale a 8) para “A” (equivale a 9 ou 10). Não satisfeito, ele quis ajudar alguns colegas de sala e melhorou a nota deles também.

Reprodução: Polícia de Cobb County
Reprodução: Polícia de Cobb County

A polícia de Kannesaw disse que Chase também roubou alguns dados pessoais de outros estudantes e professores, como informações financeiras e médicas. Além disso, ele ainda salvou o usuário e a senha de pelo menos 36 membros do corpo docente no seu computador, de acordo com a Fox 5.

Ele será acusado de invasão de propriedade e privacidade, além de falsificação – tudo em âmbito informático. Lá na Geórgia, crimes relacionados à privacidade no computador podem implicar 15 anos de prisão ou uma multa de 50 mil dólares.

Complicado, né?! Era muito mais fácil (e correto) ter estudado…

Continua após a publicidade

Publicidade