Duda Reis expõe armadilhas da relação abusiva ao falar sobre Nego do Borel

"Eu me sentia um rato em um beco sem saída(...) Eu estava no ninho dele, com os amigos dele, com as pessoas dele", relata a vítima

Por Isabella Otto, Gabriela Junqueira Atualizado em 15 jan 2021, 17h42 - Publicado em 13 jan 2021, 17h45
colecao capricho sestini mochila bolsas
CAPRICHO/Sestini/Reprodução

A palavra abuso, segundo o dicionário Michaelis: 2. Uso excessivo e prejudicial de atribuições e/ou poderes; 4. Violação dos bons usos e costumes; 5. Atentado ao pudor, desonra.

A palavra relacionamento, segundo o dicionário Michaelis: 3. Capacidade de interagir bem com as pessoas.

Em fevereiro de 2019, a atriz Duda Reis, na época com 17 anos, e o cantor Nego do Borel, na época com 26, assumiram que estavam namorando. Entre idas e vindas, e após um breve término público, Duda e Nego reataram o relacionamento e anunciaram que estavam noivos. Em dezembro do ano passado, contudo, meses após a reconciliação, um novo término, que se deu logo após o casal retornar de uma viagem para Dubai e para as Maldivas. “Um amor que foi eterno enquanto durou, e hoje se transformou numa grande amizade, que quero que dure para sempre! Toda sorte do mundo para você, meu amor! Continue contando sempre comigo. Seguiremos em frente, mas teremos sempre um ao outro”, escreveu o cantor nas redes sociais.

Duda Reis relatava que viveu um relacionamento abusivo com Nego do Borel
Reprodução/CAPRICHO

Duda, em contrapartida, não fez nenhuma declaração ao ex-noivo após a separação e apagou todas as fotos em que aparecia com ele do Instagram. A conta, definitivamente, parecia não fechar. Eis que, na última terça-feira, 12, um áudio gravado pela influenciadora Lisa Barcelos vazou na web. Nele, a jovem, de 18 anos, confirma o boato que há muito circulava por aí: que o Nego do Borel traía Duda Reis. Em entrevista ao Leo Dias, Lisa deu a seguinte declaração: “Apesar de o áudio ter sido divulgado de forma ilegal, uma vez que se tratava de uma conversa privada, como pessoa pública, assumo minhas responsabilidades(…) Me arrependo, agi no impulso, mas não errei sozinha. Só que a corda sempre arrebenta para o lado mais fraco“, disse.

Na gravação, Lisa se gaba de ter ficado o cantor em um quarto de “cama imensa”, em um “casarão”. A influenciadora diz que eles começaram a se pegar muito e que, quando o Nego do Borel não encontrou preservativo, começou a dizer que gostaria de transar com ela sem proteção. “Do jeito que eu estou, vou te fazer um filho, que estou com muito tesão”, narrou a carioca, que enviou o áudio para uma amiga. Após o vazamento, o nome do artista ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter.

Um histórico manchado

Após a polêmica estourar nas redes sociais, e Duda Reis ver seu nome mais uma vez envolvido em polêmicas por causa do Nego do Borel, a atriz decidiu se pronunciar. Nos Stories do Instagram, ela disse que o cantor costumava frequentar festas clandestinas, que desligava o celular quando saía para ficar incomunicável e que sempre a deixava em casa. “Depois o ser tinha a cara de pau de chegar e deitar comigo como se nada tivesse acontecido(…) E isso não é nem 1% do que tenho, muito menos do que vivi(…) Passei muita coisa que vou poder testemunhar e usar de incentivo para vocês. [Ameaças] verbais, chantagens emocionais, sentia medo pela minha vida e decidi botar a boca no trombone. Não dá para ficar passando pano para macho assim, porque a próxima namorada será a próxima vítima e ponto final. Eles não mudam e nunca vão mudar. Só mudam de presa. Quem passa pano para abusador é conivente [com o abuso] “, disse a jovem.

Duda revelou ainda que começou a sofrer ataques de pânico, porque “sempre era deixada [de lado] enquanto as festinhas rolavam e o ser cagava” para ela. “Dizia que era coisa de maluco ter ansiedade, depressão e pânico, sendo que o maior causador de tudo em mim era ele mesmo(…) Eu sempre era taxada de louca(…) Você sai destruída de uma relação abusiva e, às vezes, só vai enxergar tempos e tempos depois”, lamentou.

Continua após a publicidade

Enquanto Reis desabafava na rede e dizia coisas bastante sérias, Borel atualizava os Stories do Instagram com TikToks bem humorados, como se nada estivesse acontecendo. Em um deles, que inclusive foi deletado, o cantor usava um lenço na cabeça e óculos escuros, um visual bastante parecido com o que a atriz usava na viagem que fizeram juntos para Dubai.

Duda Reis relatava que viveu um relacionamento abusivo com Nego do Borel
A diferença entre os Stories postados pela Duda Reis e pelo Nego do Borel Instagram/Reprodução

O afastamento da família

Desde o começo, a família de Duda Reis se mostrou contra a relação. Inclusive, muita gente dizia que os pais da atriz eram racistas por não aprovarem o casal interracial. “Amo os negros de bom caráter”, disse Simone Barreiros em outubro do ano passado. Luiz Fernando Luz Barreiros, pai da jovem, também entrou na discussão: “Era para você estar hoje na New York Film Academy, desfrutando um ambiente de conhecimento e não um escândalo desnecessário(…) Lamentável você ter virado as costas para um caminho profissional! Hoje, você trabalha muito para sustentar esse merda“, escreveu também em outubro de 2020.

Nesta quarta-feira, 13, também nos Stories, Duda confessou que se afastou da família por medo, pois se sentia constantemente ameaçada por Nego do Borel. Aos prantos, a garota pediu desculpas aos pais e aos familiares, e disse que estava cega. “Acreditava piamente nas mentiras da pessoa. Eu acreditava, eu era refém, eu tinha medo de falar, eu me sentia ameaçada(…) Eu só não tinha forças para sair porque eu morria de medo, ele ameaçava mandar matar minha família(…) Foi muito tóxico para mim porque eu estava no ninho dele, com os amigos dele, com as pessoas dele. Eu me afastei de todos os meus amigos, de minhas amigas, de toda a minha família. Sabe por que todos os meus amigos se afastaram de mim? Porque as minhas amizades tinham medo de me mandar mensagem, porque tinham medo dele. Então, eu sempre pedia socorro para quem eu podia pedir socorro, e era mil vezes mais manipulada”, relatou.

Duda Reis relatava que viveu um relacionamento abusivo com Nego do Borel
Reprodução/CAPRICHO

A jovem contou que o ex obrigava ela a gravar vídeos dizendo que ele não a agredia, que era tudo mentira, e que aqueles que diziam o contrário não passavam de invejosos. “Todas as vezes em que eu me expus aqui a favor dele, eu era obrigada a fazer isso(…) Por pressão da assessoria e pressão dele(…) Eu sentia medo, eu não sabia o que fazer(…) Ele vai dizer que eu traí ele, sendo que eu nunca traí uma pessoa, independentemente do que ela fez comigo. Diz ele que gravou várias conversas minhas com as minhas amigas, começando por aí! Eu não podia nem ligar de dentro da casa que eu morava para as minhas amigas porque eu era, pelo o que eu entendi, gravada e espionada(…) Eu me sentia um rato em um beco sem saída e essa era a pior sensação do mundo.”, explicou.

  • A manipulação contínua

    Ainda em seu depoimento nas redes, Duda Reis falou sobre como se sentia constantemente usada e consumida por Borel. No começo, como é de praxe, os abusos começaram de formas sutis. Aos poucos, eles foram se tornando mais escancarados, frequentes e perigosos. Até que, em determinado momento, depois de afastá-la de todos aqueles que a amavam e eram contra a relação, Nego do Borel passou a agredi-la fisicamente, conforme ela relatou: “Teve um episódio em que ele me empurrou tão forte que eu caí em cima de várias cadeiras e, um amigo dele, que é uma figura pública, entrou no meio para tentar segurá-lo(…) Não foi a primeira, não foi a única agressão, assim como todas as agressões verbais que eu ouvia e todas as manipulações também. Eu era manipulada a sempre defendê-lo, enquanto ao mesmo tempo tentava acreditar que ele teria salvação. Mas mulher não é centro de reabilitação para homem com mau comportamento“, alertou.

    A carioca, que nasceu em Volta Redonda, informou que está abrindo vários boletins de ocorrência contra o ex-noivo e que, muito provavelmente, ele vai se pronunciar em breve e fazer aquilo que todos os homens abusivos fazem: negar muita coisa, taxar a vítima de louca e se dizer em desconstrução. E foi o que ele realmente fez no final da tarde desta quarta: postou nos Stories que errou, sim, mas que estão saindo muitas mentiras sobre ele e que, em breve, contará “toda a verdade”. Inclusive, segundo Duda, Nego do Borel já está cuidando de tudo com uma advogada especializada em casos de violência contra a mulher. “Eu tive acesso a fontes extremamente seguras”, garantiu.

    Duda Reis relatava que viveu um relacionamento abusivo com Nego do Borel
    Reprodução/CAPRICHO

    Para a vítima do relacionamento abusivo, ele vai continuar tentando taxá-la de maluca, como sempre fez. Fora as ameaças: “Ele dizia que eu estava brincando com cachorro grande”, contou Duda, que completou sua fala pedindo para as mulheres usarem ela como exemplo e não deixarem chegar ao extremo, pois é muito difícil sair de uma relação abusiva. A luta a árdua, mas é possível.

    Reis também contou que o Nego do Borel usa o nome e a palavra de Deus para se esconder e se passar por alguém que não é. “Cuidado na questão da caridade, porque ele faz só para se autopromover(…) Ele parava de gravar e falava: ‘Odeio negro, odeio pobre, eles fedem’(…) Quando parava de gravar, ele tratava todo mundo mal. É só cena”, pontuou. Em dezembro de 2019, a atriz foi batizada na Igreja Batista Lagoinha, no Rio de Janeiro. Em maio de 2020, foi a vez do cantor se batizar em uma igreja evangélica. “Eis aqui um novo homem”, declarou na época em uma postagem emocionada, que ainda citava o salmo Lucas 3:21-22.

    Continua após a publicidade
    Publicidade