De discursos a prêmios históricos: os 9 fatos mais marcantes do Oscar 2021

Um apanhado com os momentos mais relevantes da noite para você relembrar ou ver pela primeira vez, caso tenha perdido a premiação

Por Isabella Otto 26 abr 2021, 11h30

Na noite do último domingo, 25, aconteceu em Los Angeles, nos EUA, a 93ª edição da cerimônia do Oscar, a principal premiação do cinema. Como todos os anos, os apresentadores e premiados aproveitaram o espaço para fazer discursos importantes. Além disso, algumas estatuetas históricas também marcaram a premiação de 2021, que teve alguns momentos divertidos que deram leveza a uma festa que aconteceu em tempos de pandemia.

Montagem com as fotos de Zendaya vestindo uma máscara de proteção amarela, a homenagem póstuma do Oscar ao Chadwick Boseman, uma foto de um tênis branco no tapete vermelho e uma com a reação da mãe de Daniel Kaluuya
Oscar/GettyImages/CAPRICHO

A seguir, selecionamos 9 acontecimentos do Oscar 2021 que merecem ser destacados. Olha só:

1. Zendaya foi a única a usar máscara dentro do teatro em que a cerimônia do Oscar ocorreu

Segundo a produção do evento, os presentes foram vacinados e fizeram teste de COVID-19 antes da celebração. Entretanto, assim mesmo, Zendaya não dispensou o uso da máscara de proteção no ambiente fechado, talvez aproveitando a oportunidade de mostrar como o item continua sendo indispensável mesmo após a vacina (pelo menos, até a tão sonhada imunidade de rebanho ser conquistada).

2. Chloé Zhao foi a 1ª mulher não branca a vencer na categoria “Melhor Direção”

A chinesa Chloé Zhao levou a estatueta para casa por seu trabalho em Nomadland. Com isso, ela se tornou a 1ª mulher amarela a conquistar tal feito e a 2ª mulher na história do Oscar a ser premiada na categoria, sendo que, em 2010, Kathryn Bigelow foi a pioneira, vencendo com Guerra ao Terror. Durante seu discurso, Zhao falou sobre encontrar bondade mesmo em tempos sombrios. Em diversas partes do mundo, em especial nos EUA, asiáticos vêm sofrendo crimes de ódio racial por causa da pandemia de coronavírus. “Sempre achei bondade nas pessoas que conheci – em todos os lugares do mundo. Este Oscar é para qualquer pessoa que tem a coragem de se manter boa e ver o que há de bom nos outros”, deu esperança a diretora.

3. Esta foi a edição do Oscar em que mais mulheres foram premiadas

No total, foram 17 estatuetas dadas a mulheres, entre elas o prêmio de “Melhor Atriz” para Frances McDormand, de “Melhor Direção” para Chloé Zhao, e de “Melhor Atriz Coadjuvante” para Yuh-Jung Youn.

4. Chadwick Boseman foi homenageado com uma obra de arte digital

Apesar da falta de uma homenagem in memorian mais emocionante durante a cerimônia, Chadwick Boseman, que faleceu no ano passado aos 43 anos, vítima de um câncer, foi imortalizado por Andre Oshea em uma obra digital, que está sendo leiloada. 50% do valor arrecadado será destinado ao Colon Cancer Foundation.

View this post on Instagram

A post shared by Black 3D Artist (@andreoshea__)

Continua após a publicidade

5. O melhor ator do ano lembrou Chadwick Boseman em seu discurso de agradecimento

Anthony Hopkins foi premiado na categoria Melhor Ator por sua performance no longa Meu Pai. Por causa da idade, 83 anos, o veterano decidiu não compareceu à cerimônica, tendo feito um vídeo de agradecimento em casa. Nele, Hopkins lembra Chadwick Boseman e diz que o grande ator foi tirado de nós cedo demais.

View this post on Instagram

A post shared by Anthony Hopkins (@anthonyhopkins)

6. Regina King abriu a noite falando sobre o caso George Floyd

Na última semana, o ex-policial Derek Chauvin foi condenado culpado pela morte de George Floyd e a atriz e diretora fez um discurso marcante em prol do movimento #BlackLivesMatter, que abriu a cerimônia do Oscar 2011. “Nós lamentamos a morte de muitos e, para ser honesta, se as coisas tivessem acontecido de forma diferente [no tribunal], eu trocaria meus saltos altos de hoje por uma bota para marchar. Agora, eu sei que muitos estão nos assistindo para ver alguém de Hollywood falando sobre vocês, mas como mãe de um filho negro, eu conheço o medo que muitos sentem. Não há fama ou fortuna que mude isso“, disse King.

  • 7. O diretor Thomas Vinterberg homenageou a filha morta durante discurso

    Em fala emocionante, o dinamarquês Thomas Vinterberg, que ganhou a categoria “Melhor Filme Internacional” por Druk: Mais Uma Rodada, relembrou a filha Ida Vinterberg, que morreu aos 19 anos em uma acidente de carro, quatro dias antes das filmagens começarem. Quem estava dirigindo o veículo era a mãe da jovem e ele foi atingido por um carro de um motorista que se distraiu com o celular. “Nós queríamos fazer um filme que celebrasse a vida. A quatro dias das filmagens, o impossível aconteceu. Um acidente na estrada levou minha filha embora. Alguém estava olhando o celular. Eu sinto sua falta e a amo. Nós acabamos fazendo esse filme como um monumento a ela. Ida, esse é um milagre que aconteceu, e você faz parte disso. Talvez você esteja mexendo uns pauzinhos em algum lugar, mas esse é para você”, falou. Apesar dos ferimentos graves, a esposa de Thomas e mãe de Ida sobreviveu à tragédia.

    8. Mãe de Daniel Kaluuya vira meme após discurso do filho

    Aos 32 anos, Daniel Kaluuya levou a estatueta de “Melhor Ator Coadjuvante” por seu papel em Judas e o Messias Negro. Durante discurso, ele brincou dizendo que: “Minha mãe conheceu meu pai, eles transaram… É incrível, e eu estou aqui”. Nesta hora, a câmera focou Damalie, a mãe do ator, que teve uma reação de surpresa e incredulidade impagável à fala do filho.

    9. Chloé Zhao foi à cerimônia vestindo tênis

    Em meio a tantos sapatos de salto-alto, a diretora Chloé Zhao compareceu ao Oscar usando um tênis branco básico. Além disso, ela apostou em uma make bem natural. Por causa disso, a chinesa recebeu alguns comentários online, a maioria de homens fiscais do corpo feminino alheio, dizendo que ela era desleixada. Na verdade, Zhao é nada mais, nada menos, que incrível e confiante – como todas as mulheres são, estejam de salto ou não, pois não é o tipo de roupa que determina quem a mulher é ou deixa de ser.

    A diretora Chloé Zhao veste um vestido de manga longa nude e um tênis branco no tapete vermelho do Oscar
    Matt Petit/A.M.P.A.S./Getty Images
    Continua após a publicidade
    Publicidade