Conheça os lugares reais que inspiraram os cenários da Disney

Você sabe qual país está por trás do filme de cada princesa?

Por Colaboração: Diego Bargas - Atualizado em 17 jan 2018, 16h01 - Publicado em 6 abr 2016, 18h00
Uma das coisas mais maravilhosas sobre as Princesas da Disney é que elas são completamente diferentes. Não só em suas histórias e personalidades, mas também no lugar onde vivem – ou de onde vieram. A maioria delas é europeia. Afinal, os contos de fadas mais famosos surgiram nesse continente. Mas a Disney foi atrás de histórias em outros cantos do mundo e encontrou princesas de outras etnias, que diversificaram a beleza destas personagens. Mas você sabe a origem de cada uma? Prepare o passaporte: vai ser uma bela viagem!
1. Primeira parada: ALEMANHA
Separadas por alguns séculos, as histórias da Aurora, Branca de Neve e Rapunzel se passam na Alemanha. Embora não mostrem muito do país, os castelos que aparecem nos filmes são inspirados no Palácio de Neuschwanstein. Apesar do nome complicado, ele é um famoso cartão postal alemão! 
À esqueda, o castelo da Aurora. À direita, o Palácio de Neuschwanstein.
2. Segunda parada: FRANÇA
As histórias Cinderela e A Bela e a Fera têm como inspiração contos franceses, então nada mais justo do que ter cenários inspirados na França, não é mesmo? Os vilarejos onde as duas protagonistas vivem são mega fiéis a lugares que realmente existem, como a cidadezinha de Colmar, na Alsácia.
As casinhas do vilarejo da Bela, por exemplo, lembram muito as moradias de Colmar.

3. Terceira parada: DINAMARCA

Hans Christian Andersen, autor de A Pequena Sereia, viver no país nórdico e se inspirou em muitas paisagens reais para compôr os cenários do conto da Disney. Na cidade de Copenhague, existe até uma estátua de uma sereia em homenagem ao conto – e ela é a principal atração turística de lá! É a vida imitando a arte ou a arte imitando a vida?
A estátua da Ariel em Copenhague é igualzinha à cena do filme em que a sereia ruiva reflete sobre ua pedra!

4. Quarta parada: ESCÓCIA

Merida, a princesa ruiva e cheia de cachos da história de Valente, é nada mais, nada menos que a futura rainha da Escócia medieval!  O país faz parte do Reino Unido e preserva até hoje construções que inspiraram o filme.
O cenário de Valente, à esquerda, e o castelo Dunnottar, à direita, ambos na Escócia.

5. Quinta parada: NORUEGA

Arendelle, o reino fictício de Elsa e Anna, é inspirado na geografia e na arquitetura da Noruega. Existem até hoje vilarejos escandinavos parecidos com o do filme, e eles ficam no meio de adivinha o quê? Muuuuito gelo! Let it go!
As semelhanças entre a paisagem de Gudvangen e Arendelle são enormes!

6. Sexta parada: ARÁBIA SAUDITA

Continua após a publicidade
Inspirada nas histórias das Mil e uma Noites, Aladdin se passa em Agabah, uma cidade fictícia que mistura as culturas persa, árabe e indiana, e que seria onde atualmente fica a Arabia Saudita. Os traços da Jasmine ressaltam a beleza das meninas do Oriente Médio.

Visão panorâmica do castelo da família de Jasmine.
7. Sétima parada: ESTADOS UNIDOS 
Você sabia que a Pocahontas, princesa da tribo Powhatan, realmente existiu no século 17? Ela era uma nativa norte-americana que presenciou a chegada dos colonizadores ingleses à região que vivia, que corresponde ao atual estado da Virgínia, nos Estados Unidos.
À esquerda, uma imagem de 1870, que mostra a índia Pocahontas salvando o capitão John Smith de seu pai. Não lembra a cena da animação, à esquerda?

Mais de 300 anos depois de Pocahontas, Tiana, protagonista de A Princesa e o Sapo, é a nova garota americana, descendente da população africana que chegou aos EUA no período da escravidão. A estrela de A Princesa e o Sapo vive em Nova Orleans, cidade conhecida como o berço do jazz. O ritmo foi criado pela comunidade negra, que misturou a música da África com instrumentos do ocidente. Esse ritmo embala a trilha do filme.

Qualquer semelhança entre o cenário de A Princesa e o Sapo e a Bourbon Street, em New Orleans, NÃO é coincidência.

8. Oitava parada: CHINA

O cenário do final do filme Mulan mostra a Cidade Proibida, um palácio onde imperadores da China viveram durante mais de 400 anos. O lugar existe mesmo e fica em Pequim! Os desenhistas da Disney também foram fieis aos traços dos chineses e fizeram uma princesinha maravilhosa de olhos puxados. É cada detalhe…
A Cidade Proibida, que inspirou o cenário do final de Mulan.

De quais outros lugares você gostaria que fossem as próximas Princesas Disney? Dá pra imaginar uma brasileira? Como ela seria? Conte tudo nos comentários e não se esqueça de participar da promoção CAPRICHO – História de Princesa! Você pode ganhar uma viagem para o Walt Disney World!!! Confira abaixo como participar:[youtube https://www.youtube.com/watch?v=yjRiy7UAv60%5D*Promoção válida de 15.03.2016 a 15.05.2016. Sorteio dia 21.05.2016. Consulte o Regulamento completo da promoção no site http://www.disneyprincesa.capricho.com.br. Certificado de Autorização CAIXA nº 4-0290/2016

Publicidade