Começo, meio e fim: runas prevê um ano intenso, mas de melhoras gradativas

Isa, Wunjo e Nauthis são as as representantes das Runas para 2022; entenda o que significa

Por Personare Atualizado em 29 jan 2022, 15h05 - Publicado em 29 jan 2022, 10h02

As representantes das runas de 2022 são Isa, Wunjo e Nauthis. Lembra que nas previsões do ano passado a gente falou que 2022 seria o “início de um novo mundo”? Pois é, isso vai ocorrer e estamos no caminho, chegando cada vez mais perto – mas ainda sem atingir esse destino. O lançamento das runas ainda mostra um panorama precário e perigoso, mas com esperanças!

As previsões das Runas para 2022 neste artigo* foram feitas para o coletivo. Para ver as previsões para 2022 para sua vida, veja nossa página especial. Se você tá com alguma dúvida sobre a sua carreira ou finanças, as Runas podem te ajudar! Jogue Runas gratuitamente aqui.

Imagem da runa Isa sobre uma mesa de madeira clara
Yana Pavlova/Getty Images

Runa Isa: 2022 começa repetindo cenário de 2021

Isa, a runa dos perigos do gelo, se repete neste ano. Em 2021, ela foi a última runa, e, em 2022, é a primeira, indicando uma continuidade de eventos do ano que passou.

De certa forma, ela pode nos induzir a uma sensação de falsa segurança. Com essa runa temos um ano de provas, sem garantias iniciais da tão desejada harmonia e volta ao normal.

O ambiente inseguro de 2020 e 2021 ainda se mantém, pelo menos nos primeiros quatro meses do ano. Por isso, todo cuidado é pouco!

Apesar do avanço da vacinação e da redução dos óbitos e casos graves da Covid-19, ainda há riscos que precisam ser evitados. Esse período exige responsabilidade e cautela.

Essas são previsões coletivas. Veja aqui as previsões para o seu signo em 2022 e saiba como será a sua saúde, oportunidades e desafios.

Imagem da runa Wunjo sobre uma mesa com cristais e folhagens
Elena Ukrainets/Getty Images

Runa Wunjo: desejo de celebração e prazer em 2022

Wunjo é a festa, a celebração, a alegria e a vitória. A presença desta runa é uma indicação de que as pessoas estarão com mais vontade do que nunca de viver a vida e todos os prazeres que ela pode oferecer.

Na posição central, temos duas leituras que se complementam. Uma é alguma notícia muito boa que será celebrada por todos. Algum evento feliz para a sociedade, sabe?

Continua após a publicidade

Provavelmente, conseguiremos ter grandes avanços no controle da pandemia entre maio e agosto, e outros eventos positivos de relevância coletiva podem acontecer.

Outra possibilidade são mobilizações de grandes grupos em prol de alguma causa importante, já que a runa Wunjo representa grupos em celebração, pessoas unidas por um propósito comum que leva à alegria e felicidade. Também poderíamos ver nela, a realização de festivais.

Imagem das runas Nauthis sobre um fundo roxo
Nauthis/Getty Images

Runa Nauthis: alerta para crise econômica e pobreza

Nauthis, a runa da necessidade, contrasta com Wunjo, indicando um cenário de precariedade, de falta, de esvaziamento e de busca de ajuda. A décima runa representa escassez, portanto poderemos ver uma grande parte da nossa sociedade vivendo em condições precárias.

Ela pode prever uma crise econômica, a falta de recursos, o aumento da pobreza e da fome, enquanto uma minoria desfruta de seus privilégios. É um alerta de perigo!

Podemos ver desenhada uma crise ambiental por falta de algo, aceleração de desmatamento ou falta de recursos importantes por negligência no passado.

Diante deste cenário de empobrecimento e crise, é preciso agir com extrema cautela nos investimentos e nos negócios. Não é tempo de conservadorismo. É preciso uma análise da crise para que se descubra onde estão as oportunidades, pois toda crise traz perdas, mas também oportunidades. 

Isa, Wunjo e Nauthis: 2022 será um ano de transformação

A vitória e a felicidade, em meio ao perigo e a precariedade, sinaliza esperança! O que chama a atenção nesta sequência é a presença de duas runas que representam as Deusas do Destino, as Nornas. Isa é Verdandi, o presente, e Nauthiz, o futuro.

Assim como 2021 representou o conflito que modela a realidade, iniciando a criação de um novo mundo (Sowelu, Thurisaz e Isa), 2022 se apresenta com símbolos que apontam para frente, para esse novo mundo, sendo mais uma etapa neste período de transformação da nossa realidade. Nos confrontaremos como o que deve ser deixado para trás.

Entretanto, não podemos deixar tudo nas mãos dos deuses. Devemos assumir nossa parte nesse processo, agindo com maturidade, responsabilidade, cidadania, consciência e sabedoria. Precisamos fazer o que estiver ao nosso alcance para que todas as pequenas ações individuais se fortaleçam no todo.

 

*Alexsander Lepletier (fortuneteller_21@hotmail.com) é formado em jornalismo e ativista de direitos humanos. Iniciou sua carreira de cartomante e tarólogo, em Portugal. Em Portugal, realiza anualmente o Encontro Internacional de Cartomancia. Atualmente, reside na cidade do Rio de Janeiro onde dá cursos e consultas online

Continua após a publicidade

Publicidade