Colégio Bandeirantes tem segundo suicídio de aluno em 15 dias

Suicídio é a quarta maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos no Brasil, segundo dados do boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde

Por Da Redação Atualizado em 23 abr 2018, 21h03 - Publicado em 23 abr 2018, 19h39

O Colégio Bandeirantes, instituição de ensino localizada no bairro da Vila Mariana, em São Paulo (SP), divulgou um comunicado aos pais e responsáveis informando sobre o segundo caso de suicídio entre seus alunos em um período de 15 dias. O episódio mais recente ocorreu com um estudante do terceiro ano do Ensino Médio.

iStock/Reprodução

Na nota, a escola não deu maiores informações sobre o ocorrido, mas reforçou a necessidade de tratar os casos de forma singular e informou as medidas que estão sendo tomadas após os episódios. “Do ponto de vista institucional, desde o primeiro acontecimento, estamos acolhendo os alunos mais vulneráveis e planejamos diversas ações de trabalho em posvenção [apoio a familiares e amigos de quem se suicidou], com assessoria de uma especialista em prevenção ao suicídio e luto por suicídio”, diz o comunicado.

O colégio também informou que espaços de diálogo e acolhimento para todas as turmas serão implementados a partir desta semana. As aulas para as classes do terceiro ano foram suspensas nesta segunda-feira (23) e amanhã, terça-feira (24), elas participarão de ações de ajuda em situações de crise.

Suicídio e doença mental são questões muito sérias. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde em 2017, suicídio é a quarta maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos no Brasil e a segunda maior no mundo.

Se você conhece alguém que está passando por uma depressão ou se você se encontra nessa situação, saiba que você não está sozinho. No Brasil, o Centro de Valorização da Vida, por exemplo, tem um suporte 24 horas e atende pessoas que estão enfrentando problemas ou que simplesmente precisam conversar.

Continua após a publicidade

Publicidade