Blog da Galera: como lidar com a pressão do ‘Terceirão’ na escola?

Lari Kochla, da Galera CH, conta um pouco sobre o que passou durante o temido último ano do Ensino Médio e dá dicas para quem está na mesma época.

Por Da Redação - 19 abr 2019, 10h00

Oi, gente! Quem fala é a Lari Kochla e como essa é a minha primeira matéria no Blog da Galera, vou começar me apresentando. Sou curitibana, tenho 17 anos (quase chegando no 18tão), sou cantora e atriz, adoro dançar, escrever, assistir filmes e séries e compor músicas. Estou muito feliz por fazer parte da turma e poder falar sobre diversos assuntos com vocês! O escolhido de hoje é o famoso “Terceirão”, aquela época que todos torcem para chegar e, quando chega, não querem que termine.

Essa à direita sou eu! <3 Reprodução/Reprodução

Assim como qualquer estudante de Ensino Médio, eu estava louca para terminá-lo e seguir na área que eu realmente queria. Sempre soube com o que eu queria trabalhar, porém quando chegou o momento de confirmar isso me bateu uma série de dúvidas: “Será que é realmente isso?”, “Eu devo entrar na faculdade agora ou esperar?”, “Continuo meu estágio ou largo para me dedicar ao vestibular?”, “E se não der certo?”.

São diversos questionamentos que costumam aparecer, sem falar na pressão que você recebe das pessoas próximas que, muitas vezes, acreditam estar ajudando. E, na verdade, só atrapalham. É um ano muito delicado porque além da dedicação com a escola, também começa a preocupação com a escolha vocacional e a preparação para o vestibular.

Giphy/Reprodução

Com tudo isso, você pode acabar caindo em uma crise existencial. Eu comecei a ter crises de ansiedade, muita insônia, falta de concentração e só conseguia pensar no futuro. Mas o que eu fiz para melhorar?

Como eu já sabia a raiz do problema, resolvi conversar com as pessoas que confio e alguns professores que me ajudaram muito. Percebi que o “Terceirão” é o ano que concluímos uma etapa, nos despedimos da escola para uma nova experiência, mas não é necessariamente o ano em que temos que decidir nosso futuro – e ele não precisa ser a faculdade ou um emprego.

Giphy/Reprodução

Depois de muita conversa e reflexão, consegui enxergar nitidamente o que eu queria fazer. Saí do meu estágio e me dediquei a estudar para o vestibular, passei na universidade que desejava e estou cursando Licenciatura em Música, o curso que ganhou meu coração.

Giphy/Reprodução

Escolhi esse tema porque foi um momento importante da minha vida e tenho certeza que também é para muitos jovens. Se você está no seu ano de conclusão do Ensino Médio, o meu conselho é: aproveite seus colegas, professores, a escola, pesquise sobre áreas que te interessam, frequente Feira de Profissões, visite universidades que te agradam, mas, acima de tudo, não se sinta pressionado a escolher e não se baseie na opinião dos outros. É sua escolha, faça aquilo que realmente gosta!

Espero que tenha ajudado! Se quiser conversar sobre isso ou qualquer outro assunto comigo, me chame no meu Instagram. Também tenho um canal de covers musicais no YouTube, dá uma conferida lá!

Beijos,
@larikochla

Continua após a publicidade
Publicidade