Blog da Galera: cobrir o Planeta Atlântida foi inesquecível!

Isabella Vieira, da Galera CAPRICHO, realizou 2 sonhos em 1: ir ao Planeta Atlântida e cobrir o festival para a CH!

Por Da Redação Atualizado em 16 fev 2018, 19h04 - Publicado em 5 fev 2018, 18h00
Promoção CAPRICHO Volta às Aulas 2018
Divulgação/CAPRICHO

Com 22 edições, o Planeta Atlântida, um dos maiores festivais nacionais de música, é uma das marcas registradas do Sul do Brasil. Ele ocorre na cidade de Xangri-Lá, no Rio Grande do Sul, e conta com dois dias de atrações e mais de 30 artistas distribuídos em quatro palcos diferentes. Neste ano, nomes como Anitta, Armandinho, O Rappa, Luan Santana, Vintage Culture e Phoenix se apresentaram para uma multidão de mais de 70 mil pessoas!

View this post on Instagram

O planeta Atlântida pra mim não foi apenas um evento, mas foi o resultado de algumas(mesmo que ainda poucas) conquistas da minha vida pessoal. Se eu pudesse contar para meu eu de 1 ano atrás sobre até onde cheguei em tão pouco tempo, ele NUNCA acreditaria em mim e com certeza daria algumas risadas, o mundo é criado com vários contextos, há exatamente um ano, eu tive muito medo do futuro, não conseguia ver meu presente, pois preferia ser levada no colo do meu passado. Os braços cansaram e cai no chão, cai na real,cai no agora mesmo sem querer. Pode ter doído na hora, no dia ou na semana, e naquele Momento percebi que era exatamente aqui que eu deveria estar, comecei a andar no caminho que eu fiz, mesmo que na pontinha dos pés, um tanto quanto tímida, cada passo me levou a ser oq sou hoje, e graças a @capricho descobri uma das coisas que mais amo no mundo, que deixa meus sentimentos à flor da pele:a comunicação, o jornalismo, a escrita, o conhecimento. Caminhadas que te levam até onde faz seu coração palpitar, e espero em todos meus próximos trabalhos, fazer com a alma, por que só assim o caminho que a gente escolheu faz algum sentido

A post shared by Isabella Vieira (@vieiraisabellaa) on

As mais de 10h diárias de show agradam um público variado, que curte Raimundos, mas também escuta Onze:20 e Pabllo Vittar. Essa diversidade artística quebra preconceitos e mostra que a cultura contemporânea brasileira pertence à todas as gerações. A classificação indicativa do festival é 14 anos, então o evento tem uma vibe bem jovem, com muita energia boa. Se você nunca pensou em fazer uma viagem e curtir esse evento, talvez seja hora de reunir a galera e se programar para 2019, viu?!

  • No primeiro dia, sexta, 2, Armandinho, Anavitoria, Nego do Borel, Simone e Simaria, O Rappa e Vintage Culture fizeram “check-in” no Palco principal. Marcelo Falcão e sua banda se despediram oficialmente do evento com o titulo de grupo recordista de shows no Planeta Atlântida: 15 apresentações no total! Um número para poucos, hein? A noite terminou com a apresentação do DJ Vintage Culture, que, apesar de ter começado a tocar às 3h da manhã, envolveu a plateia inteira com seus remixes e batidas. Na minha opinião, um dos melhores espetáculos da noite!

    Continua após a publicidade

    Já no segundo dia, sábado, 3, o Palco Planeta foi dominado por Onze:20, Pabllo Vittar, Jota Quest, Anitta, Luan Santana e Phoenix. Os artistas atraíram um publico maior do que os do primeiro dia, deixando todos os setores do evento lotados, uma plateia frenética e fãs satisfeitos. A diva do pop Anitta foi a que mais atraiu uma multidão, já que ela cantou pela primeira vez em show seu novo single, Machika. Já a banda francesa Phoenix, além de ter encerrado o festival, atraiu os amantes do indie para a grade do show (inclusive eu) e deu um tom diferente às apresentações que estavam sendo feitas. Vibrei!

    E que tal se, além de você ver os shows, cantar e dançar muito, também se deparar com alguns famosos? Se liga aí em quem resolveu curtir os shows pertinho de mim:

    View this post on Instagram

    Sabe quem a @vieiraisabellaa encontrou curtindo o @planetaatlantida também? Passa pro lado pra conferir

    A post shared by GALERA CH (@galera.capricho) on

    Esse foi meu primeiro PA foi muito fácil compreender o motivo de as pessoas serem fãs de carteirinha do festival: a energia emitida no local é insana, o que faz o evento ser inesquecível. É impossível sair de lá sem boas memorias! O Planeta Atlântida também é muito seguro e organizado. Já estou empolgada para o ano que vem!

    E você? Quem gostaria de assistir no próximo Planeta? #sóquemvaisabe

    Beijos,
    @vieiraisabellaa

    Continua após a publicidade
    Publicidade