Apple bane o desempenho de aplicativos como Facebook em iPhones de jovens

Funcionamento do Instagram também foi afetado e tudo porque a Apple não gostou nadinha de uma atitude tomada por Mark Zuckerberg... Tsc, tsc!

Por Isabella Otto - 31 jan 2019, 12h56

Não é de hoje que as pessoas se mostram preocupadas com a espionagem que rola nas redes sociais. Você faz uma busca e, de repente, dezenas de anúncios surgem no seu feed de notícias. Tem vezes que anúncios que têm muito a ver com você aparecem sem nenhuma busca ter sido feito. É um tanto quanto assustador, né? E é tudo culpa dos algorítimos! Aliás, eles estão causando tanto que foram o estopim para o escândalo tecnológico do momento.

Reprodução/Reprodução

De acordo com o site The Verge, a Apple está banindo o funcionamento de aplicativos como Facebook, Instagram e Messenger dos celulares movidos pelo sistema iOS de jovens entre 13 e 25 anos. O motivo é que Mark Zuckerberg , dono dessas redes sociais, teria usado a ferramenta de monitoramento online chamada Facebook Research para “espionar” o aparelho de pessoas que estão nessa faixa etária.

Ao tomar essa atitude, e invadir a privacidade de menores de idade, Zuckerberg teria violado um dos principais acordos que a marca da maçã tem com o Facebook e o Instagram.

Alguns usuários, inclusive brasileiros, relatam que os aplicativos estão apresentando algumas falhas constantes e até mesmo mudando o idioma automaticamente. Alguns usuários de Android também denunciam problemas, mas, de acordo com o site Recode, a violação afetou apenas aparelhos com sistema iOS.

Nem o Facebook nem o Instagram ainda se pronunciaram sobre o caso, mas espera-se que uma atitude que revogue a violação seja tomada e que, aos poucos, o funcionamento dos aplicativos seja normalizado.

Não existe mais privacidade na internet? Ou será que nunca existiu?

Continua após a publicidade
Publicidade