Após aula de educação sexual, garota denuncia avô abusador aos professores

'Existe muita criança que só entende o que é o abuso sexual a partir de uma explicação na sala de aula'

Por Isabella Otto - 27 mar 2019, 11h00

No último dia 11, um homem de 67 anos foi preso em Ponta Grossa, no Paraná, após ter sido denunciado pela neta de 9 anos. Segundo a criança, o avô abusava sexualmente dela há quase um ano.

Serghei Turcanu/Getty Images

A denúncia, contudo, só foi feita depois que a menina participou de uma aula de educação sexual e violência doméstica na escola, administrada pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência.

No dia seguinte à palestra, a menina levou um álbum de fotografias ao colégio e contou aos professores que aquele homem para o qual estava apontando era seu avô e que ele “fazia coisas” com ela – coisas que ela só percebeu que eram erradas depois da aula. “Existe muita criança que só entende o que é o abuso sexual a partir de uma explicação na sala de aula”, disse Ana Paula Cunha Carvalho, delegada do Nucria (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente) que está trabalhando no caso.

A criança de 9 anos foi encaminhada para uma psicóloga e os pais dela foram envolvidos na investigação. Eles disseram que a filha já não queria ir à casa dos avós há algum tempo, mas que não sabiam o motivo dessa resistência. Segundo a delegada, o senhor de 67 anos acariciava as partes íntimas da neta.

O caso segue sendo investigado e o homem preso na Cadeia Pública de Ponta Grossa.

Continua após a publicidade
Publicidade