9 vezes que Fernanda Concon se fez uma influenciadora necessária nas redes

A atriz tem usado suas redes sociais para abordar temas como política, educação, meio ambiente, feminismo e sobre a polêmica e romantizada Lipo LAD

Por Isabella Otto Atualizado em 1 nov 2020, 13h27 - Publicado em 1 nov 2020, 10h10
colecao-roupas-capricho-marisa
Divulgação/CAPRICHO

Não importa qual seja sua linha editorial, se você fala sobre Moda e Beleza, Comportamento, se tem uma pegada mais humorística, se fecha conteúdos patrocinados, se topa parcerias, se tem milhares ou milhões de seguidores. Há algumas coisinhas básicas que esperamos de um influenciador, principalmente se o público alvo dele for crianças e adolescentes. Transparência e responsabilidade no serviço prestado são algumas delas. Apesar de não haver um Código de Ética para Influenciadores Digitais, como ressalta a advogada Victoria Guimarães, no site Jusbrasil, existem alguns órgãos, como o CONAR (Conselho Nacional Autorregulamentação Publicitária), que investigam casos de publicidade indevida, por exemplo. Mas é preciso ir além! Em tempos de naturalização e romantização de cirurgias plásticas e procedimentos estéticos nas redes sociais, com criadores de conteúdo inclusive divulgando clínicas e profissionais em troca de permuta, é preciso parar, respirar e refletir o que andamos consumindo por aí e o quão nocivo para a nossa saúde mental podem ser esses conteúdos.

Arquivo Pessoal/CAPRICHO

Há um tempo, a atriz Fernanda Concon começou a debater educação e política nas suas redes, em especial no Instagram, em que tem mais de 3 milhões de seguidores. Ela, que talvez você tenha conhecido em Carrossel, tem usado sua influência para debater assuntos como inclusão nas redes sociais, as queimadas no Brasil, as eleições de 2020, cotas raciais, feminismo e educação, se fazendo, como diz as pessoas na internet, “necessária”.

1. Em agosto, Fê Concon postou um vídeo falando sobre o SUS, muito antes de as pessoas começarem a se mobilizar em prol Sistema Único de Saúde, após o presidente Jair Bolsonaro defender sua privatização.

2. Recentemente, foi a vez da influenciadora se posicionar sobre o “boom” de pessoas realizando e divulgando a tal da Lipo LAD, ou Lipo HD, como se ela fosse um simples procedimento estético e não uma cirurgia bastante invasiva.

3. Teve também esta vez em que Concon explicou em cinco minutos o que está acontecendo no Pantanal, usando uma linguagem simples, que chega a todos. 

View this post on Instagram

não deixem de compartilhar!

A post shared by Fernanda Concon (@fernandaconcon) on

4. Neste IGTV, Fernanda discute a importância da Democracia: “Fiz esse vídeo pensando que talvez crianças e jovens não saibam o porquê de defender essa tal de Democracia e ser antifascista”, escreveu, já aproveitando para também se posicionar politicamente.

View this post on Instagram

fiz esse vídeo pensando nessa doidera que ta e talvez algumas crianças/jovens não saibam o pq de defender essa tal de Democracia e ser Antifascista! marca ai seu irmão/irmã mais novo, prima/primo, entre outros!!!

A post shared by Fernanda Concon (@fernandaconcon) on

5. Além de ser uma ótima amiga, Concon também produz conteúdos que ajudam outras meninas no processo da auto-aceitação, que é longo e nada simples, principalmente levando em conta a sociedade em que vivemos, que continua pregando determinados padrões de beleza e que agora chegou ao ponto de ~orkutizar~ procedimentos estéticos.

6. Quem disse que não dá para militar sendo irônica e usando a ferramenta Reels do Instagram? Não só dá, como dá muito!

View this post on Instagram

quando eu aprendi isso no quarto ano eu falava TODA hora HAHAHAH marca ai embaixo seu amigo super militante tb

A post shared by Fernanda Concon (@fernandaconcon) on

7. Além disso, Fernanda Concon incentiva as pessoas a estudarem, o que pode ser até meme, mas em um país em que o próprio (des)Governo desestimula os estudantes, cortando verbas na educação, por exemplo, ter influenciadores que preguem a importância dos estudos é essencial!

8. E a gente simplesmente adora o fato de ela estimular seus milhões de seguidores a pensarem sobre assuntos que anteriormente sequer podiam ter passado pela cabeça deles. Vamos exaltar, sim!

9. Sem contar a dicção, né, mores? Um show à parte!

Há quem diga que Fernanda Concon só fala o óbvio, mas até o óbvio se faz necessário em uma realidade em que até as coisas mais perceptíveis parecem estar se perdendo. Esta matéria também não é sobre comparações. Com ela, queremos apenas que você aí do outro lado reflita sobre o tipo de conteúdo que consome nas redes sociais, pois, na longa jornada da auto-aceitação, o que você consome online faz toda a diferença!

De quais formas você se deixa influenciar e de quais formas você influencia?

Continua após a publicidade
Publicidade