8 dicas para quem está de recuperação na escola!

Por Da Redação Atualizado em 25 ago 2016, 01h04 - Publicado em 22 jul 2013, 18h49

Seu último boletim veio acompanhado por uma surpresa: você está de recuperação! Nada de surtos! Se passar de ano parece algo distante nesse momento, o negócio é se dedicar. Se liga nas dicas de quem sobreviveu a recuperação!

Dica 1: Mantenha a calma

“Além de você, existem outras pessoas passando por isso! Entendi que, antes de me desesperar, deveria lembrar que eu não estava sozinha. Isso me ajudou a manter a calma e não surtar!”

@Maariliaviegas – 14 anos – Rio Piracicaba (MG)

Dica2: Peça ajuda!

“Aproveitei que minha amiga entendia da matéria e, sempre que ela podia, estudávamos juntas. Também tinha carta branca para ligar quando tivesse dúvidas. Me ajudou muito!”

@JuuliaOliva – 15 anos – São Paulo (SP)

Dica 3: Refaça os exercícios

“Fazer mais de uma vez os exercícios do colégio ajuda a fixar melhor a matéria. Eu, por exemplo, cheguei a colar as fórmulas que tinha dificuldade na parede do quarto.”

@MarianaMoraeez – 16 anos – Belém (PA)

Dica 4: Aposte em aulas particulares

“Eu confesso que passei de ano com muito esforço. Percebi que não adiantava nada estudar sozinha uma matéria que eu não entendia e o que me ajudou foi ter um professor particular.

@Anapaanarielo – 16 anos – Santos (SP)

Dica 5: Estude um pouquinho, mas todos os dias

Continua após a publicidade

“O negócio é se dedicar a longo prazo e não deixar para revisar a matéria toda na última hora. Estudar 20 minutos por dia ajuda muito no final das contas…”

@maahbertolani_ – 17 anos – Osasco (SP)

Dica 6: Sacrifique (um pouquinho) os seus finais de semana

“Eu fiquei sem sair de casa aos finais de semana para me dedicar um pouco mais aos estudos. Foi chato, mas valeu a pena pois tive as férias todinhas pra curtir.”

@_isadoravalbusa – 16 anos – Natal (RN)

Dica 7: Dê um tempo nos rolinhos

“Você pode até ficar com um garoto ou passar um tempo com seu namorado enquanto enfrenta a recuperação, mas  é preciso explicar para ele a situação. Seu tempo terá que ser dividido!”

@tammyluiza – 16 anos – Curitiba (PR)

Dica 8: Grave no Celular

“Uma vez, um professor me disse que não adiantava nada eu me matar de estudar à noite, porque minha cabeça já estava cansada e eu fixaria pouca coisa. Ele me ensinou a gravar a minha própria voz pelo celular falando a matéria e depois ouvir várias vezes durante o dia. Ajudou muito!”

@BrunaGibson – 16 anos – Macapá (AP)

 

Continua após a publicidade
Publicidade