7 provas de que vale mesmo a pena investir ‘naquela’ pessoa

Como ter certeza de que você não está depositando todas as suas fichas em alguém que não merece recebê-las?

Por Isabella Otto - 7 abr 2018, 16h34

O amor é uma coisa curiosa. Tem quem diga que ele basta e supera tudo e todas as coisas. Em contrapartida, algumas pessoas dizem que só ele não sustenta uma relação. Para alguns, o amor é um sentimento que iguala tudo e todos. Para outros, ele é único e muda de pessoa para pessoa. Uma coisa é certa: quando não é recíproco, o amor pode ser devastador. E ele também pode ser uma verdadeira cilada! Afinal, não adianta depositar todas as suas fichas em uma pessoa que, definitivamente, não quer nem merece recebê-las. Mas como ter certeza de que “agora vai”?

Divulgação/Divulgação

Não existe uma resposta certeira para isso, é verdade. Dizem que você simplesmente sabe quando encontra uma pessoa especial. “A” pessoa especial. Mas vamos combinar que, na prática, pode não ser assim tão simples, né? Por isso, preparamos essa lista que promete te ajudar a desvendar esse mistério de quatro palavras e que pode te fazer ter certeza de que aquele ou aquela crush realmente vale a pena.

1. Você sente borboletas no estômago antes de encontrar a pessoa, mas, ao mesmo tempo, não sente nada
Calma, não é que você não sente nada porque não tem sentimento envolvido. Na realidade, as borboletas batem as asinhas de empolgação, ansiedade e alegria, e não porque estão com medo, inseguras ou incertas. Elas estão lá, mas estão confiantes de que não precisam se agitar de preocupação.

Reprodução/Reprodução

2. Não importa o lugar, todo rolê se torna divertido quando vocês estão juntos
Sabe aquele negócio de que as pessoas fazem a festa? É bem isso. Mesmo que vocês não tenham combinado nada de muuuito importante ou até mesmo interessante, a saída acaba sendo mais divertida do que vocês estavam esperando. Porque vocês estão juntos e isso basta. Ah, como basta…

Reprodução/Reprodução

3. A pessoa demonstra interesse pelo que está acontecendo na sua vida
Desconfie de quem só quer sua atenção durante o rolê e, depois, simplesmente esquece que você existe. E isso vale absolutamente para qualquer situação, viu? Tem que ter química, mas não pode só ter química. É preciso que ambas as partes sintam-se interessadas em demonstrar esse interesse.

Continua após a publicidade
Reprodução/Reprodução

4. Ela não tem medo de demonstrar seus sentimentos
Quando você é insegura ou já sofreu muito por amor, sente certo receio de se entregar a uma nova relação. Por isso, muitas vezes, não é tão simples demonstrar o que está sentindo – e pode não ser para a outra pessoa também. Mas dá para perceber quando isso acontece e, muitas vezes, a outra pessoa vai até fazer questão de abrir o coração. Agora, tem certos @s que não demonstram o sentimento porque não tem nada para demonstrar além da vontade de dar uns beijos e só. Nada de errado ou ruim, mas é preciso estar no mesmo pique para não acabar se envolvendo com ~o tipo certo de garoto errado~. PS: valeu, Manu Gavassi, por esse hino atemporal!

Reprodução/Reprodução

5. Vocês se falam com certa frequência (e você não demora uma semana para respondê-la no WhatsApp)
É importante que o diálogo esteja sempre presente, tanto ao vivo quanto virtualmente. É óbvio que vocês não precisam (nem devem) se falar 24h, mas é legal que o papo esteja sempre lá. Você pode ser a pessoa mais atrapalhada do mundo para responder os ~zaps~ e até demorar alguns dias para fazer isso, mas você não demora muito (ou não demora quase nada) para responder o/a crush. E você sente que isso é recíproco. Está aí um sinal de que está tudo bacana, como diriam as meninas do Depois das Onze.

Reprodução/Reprodução

6. A pessoa é semelhante, mas diferente
Os opostos podem se atrair, mas eles também podem se repelir quando o assunto é amor. Por isso, é importante que o casal tenha várias semelhanças, para que justamente consigam se entendem e dividir gostos iguais, mas, ao mesmo tempo, é bom que tenha também algumas diferenças. Isso só vai dar um toque especial e único ao relacionamento.

7. Você, de alguma maneira, sabe que vai poder contar com ela quando algo de ruim acontecer
E se algo de ruim acontecer, é claro. Não estamos te mandando energias negativas (risos), mas a gente sabe que a vida não é só arco-íris, unicórnio e sorvete. “Estar lá quando a pessoa mais precisa de você é tudo o que se baseia um relacionamento”, diz Ellie (Imogen Poots) para Jason (Zac Efron) no filme Namoro ou Liberdade. É isso, sabe? Além de química e interesse, é preciso haver apoio. Esses são três itens essenciais para se montar o pacote completo do amor.

Reprodução/Reprodução

E aí, você já encontrou uma pessoa que se enquadra em todas essas descrições? Conta pra gente!

Continua após a publicidade
Publicidade