5 coisas que você não sabia sobre as tradições natalinas

Descubra se você sabe tudo sobre os costumes praticados nessa época

Por Thais Varela 24 dez 2018, 12h28

Uma das datas mais esperadas do ano, finalmente o Natal está próximo! Entre reunir a família, comer muitas comidas gostosas e ganhar presentes, várias tradições são praticadas nesta época do ano. O mais incrível é que alguma delas datam de muitos séculos atrás e foram se adaptando ao longo do tempo. Confira abaixo 5 curiosidades sobre os costumes natalinos e entre no clima da festa!

Reprodução/Reprodução

Árvore de Natal

O Natal é uma festa cristã que data de muitos séculos atrás. Quando começou a ser celebrado, algumas tradições de outras religiões, também conhecidas como pagãs, foram se misturando aos costumes natalinos. O ato de enfeitar os pinheiros era comum em países nórdicos da Europa para celebrar a natureza e a prosperidade. Provavelmente, essa prática continuou a ser feita depois que as populações desses locais se converteram para o cristianismo.

Presentear as pessoas queridas

Quem não adora ganhar um presente? Seja no amigo secreto da família, entre as amigas ou dos pais, receber algo especial é uma demonstração de carinho deliciosa. Mas não é de hoje que esse ato é considerado importante. Antigamente, trocar presentes era visto como uma forma de reforçar laços sociais e acontecia entre os mais diferentes povos e culturas.

  • Papai Noel

    Continua após a publicidade

    O “bom velhinho” é marca registrada desta época e um dos símbolos mais conhecidos do Natal. O Papai Noel foi inspirado em São Nicolau, um bispo de origem turca que era famoso por sua generosidade e amor pelas crianças. Com o tempo, essa figura foi incorporada às tradições europeias e levada aos Estados Unidos pelos imigrantes. Foi lá que a imagem do Papai Noel como conhecemos hoje (com barba branca, roupas vermelhas e que voa em um trenó) foi construída.

    Papai Noel possui vários nomes diferentes ao redor do mundo. Em inglês, é conhecido como Santa Claus, uma denominação adaptada de Sinter Klass, maneira como os holandeses se referiam ao Noel em seu idioma. O nome em português tem origem no idioma francês, que chama esse símbolo natalino de “Père Noël“.

    Reprodução/Reprodução

    Comidas de Natal

    Se existem duas comidas que são a cara da festa natalina, são o peru e o panetone. A ave, que se tornou símbolo da comilança da ceia, é popular nos Estados Unidos durante a celebração da data de Ação de Graças, quando os norte-americanos se juntam para agradecer tudo o que viveram no ano que está acabando. Essa tradição acabou sendo trazida para o Brasil durante o Natal e o peru se tornou famoso por aqui. O panetone também teve origem fora do país, mais precisamente na Itália. A sobremesa era feita para celebrar datas especiais e chegou até nós com a imigração italiana.

    Presépios

    As cenas montadas com estátuas do menino Jesus, os Reis Magos, animais e José e Maria começaram ainda na Idade Média. A tradição teve início com São Francisco de Assis, na Itália. A ideia era celebrar o Natal de uma maneira diferente. A prática se espalhou e logo as pessoas também reproduziam o presépio em suas casas.

    Continua após a publicidade
    Publicidade