Zendaya responde comentário ofensivo sobre seu cabelo do Oscar

A apresentadora Giuliana Rancic, do canal E!, disse que a garota parecia cheirar a maconha com os dreadlocks que usou durante o evento

Por Thais Varela|Fotos: Getty Images e Reprodução Instagram - Atualizado em 17 ago 2016, 15h40 - Publicado em 24 fev 2015, 17h10

Nos últimos tempos, Zendaya tem assumido um estilo cada vez mais ousado e fashionista – e, quando o assunto é cabelo, a história não é diferente. Ela ama ousar com apliques gigantes, perucas curtinhas e outros looks que dão o que falar. Na noite do último domingo (22/2), rolou a edição 2015 do Oscar e todo mundo reparou nos longos dreadlocks da atriz e cantora. Até aí, tudo bem, afinal, tapete vermelho é para essas coisas mesmo, né? Um comentário, porém, fez a garota se ofender e se manifestar nas redes sociais.

Durante o programa americano Fashion Police, do canal E!, a apresentadora Giuliana Rancic disse que, com os dreads, Zendaya parecia cheirar a óleo de patchouli (característico dos movimentos rastafári e hippie) ou talvez a maconha. Não demorou muito para a galera da internet se manifestar contra o comentário, afirmando que a declaração foi preconceituosa e relacionou os dreadlocks a um estereótipo que não tem nada a ver.

Aí, Zendaya resolveu responder. Nas redes sociais, ela publicou um post grande dizendo que há uma linha tênue entre o que é engraçado e o que é desrespeitoso. “Alguém disse algo sobre o meu cabelo no Oscar que me deixou perplexa. Não porque me ofendi com as críticas sobre os looks, mas porque eu fui atingida por comentários ignorantes e de puro desrespeito. Dizer que uma garota de 18 anos com dreads cheira a óleo de patchouli ou ‘maconha’ não é só um estereótipo, mas bastante ofensivo também. Normalmente não respondo críticas negativas, mas certas coisas não podem passar despercebidas”, comentou.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

A post shared by Zendaya (@zendaya) on

Zendaya escreveu que seu pai, seu irmão, seu melhor amigo de infância e seus pequenos primos têm dreads. E ainda citou personalidades importantes do mundo acadêmico, do cinema e de outras áreas que também usam o mesmo tipo de cabelo. Ela finalizou da seguinte maneira: “Para mim, dreads são símbolo de força e beleza. Algumas pessoas deveriam ouvir I Am Not My Hair, de India Arie, e pensar um pouco antes de abrir a boca tão rápido para julgar.”

Giuliana se retratou no Twitter: “Querida Zendaya, desculpe se ofendi você e outras pessoas. Estava me referindo ao look boêmio. Não tinha nada a ver com etnia e nunca teria.”

Continua após a publicidade

Isso que é dar uma resposta com classe aos haters, né, Zendaya?

Publicidade