Troca-troca inteligente: como fazer as escolhas certas na praia

Por Da Redação Atualizado em 17 ago 2016, 09h29 - Publicado em 18 dez 2015, 16h44

Você ralou muito pra chegar até aqui, linda, saudável, em forma. Fez o treino de ginástica da Capricho, comeu certinho, seguiu à risca nosso calendário de verão (digam que sim!). Não vai ser na praia, lugar saúde por natureza, que você vai colocar tudo a perder, né? Dá pra ser feliz fazendo as escolhas certas na hora de beliscar na areia. Quer ver?

No Rio, os bicoitos fazem o maior sucesso. Eles saciam a fome e tem muito menos gordura que o amendoim (que, ainda por cima, podem detonar sua pele).

Esse truque você já conhece: assado é sempre melhor que frito. E, vamos, queijo coalho é a cara da praia, vai?

Tá bom. Pra quem gosta muito de acarajé, essa pode parecer difícil. Mas pense que o bolinho de feijão é frito (ruim), em imersão (muito ruim) no azeite de dendê (sem comentários).

O picolé tem menos açúcar e menos gordura. E refresca ainda mais que o sorvete!

Refri é artificial, coco é natural, nutritivo, cheio de sais minerais. Garota saúde 100%.

Empadas costumam ser bem carregadas de manteiga. O milho também sacia, só que com carboidrato de mais qualidade e cheio de fibras. E quem não ama?

Aí, sem sacrifício, você vai desfilar feliz no seu biquíni, com a consciência tranquila.

Vale ou não vale a pena?

Continua após a publicidade
Publicidade