Respondemos dúvidas que muita gente tem antes de cortar o cabelo

Se você está pensando em mudar o visual em 2018, chegou a hora de tirar suas dúvidas

Por Da Redação Atualizado em 15 jan 2018, 17h25 - Publicado em 7 jan 2018, 16h27
Promoção CAPRICHO Volta às Aulas 2018
Divulgação/CAPRICHO

O ano começou e muita gente tem como resolução cortar o cabelo. Este é o seu caso? A seguir, descubra as respostas para aquelas perguntas que várias pessoas fazem antes de ir ao salão.

Rapunzel
Gif/Reprodução

Desfiar ou repicar?
Cansou do cabelo retão e quer mudar os fios, só que não tem ideia do que fazer? O cabeleireiro é a melhor pessoa para ajudar, mas é bom saber que há, basicamente, duas alternativas: desfiar ou repicar. Na primeira opção, são feitas pontas irregulares e uma mesma mecha fica com fios longos e curtinhos. A técnica garante movimento e é perfeita para quem quer um look mais leve. Já ao ser repicado, o cabelo ganha camadas inteiras (e retas) mais curtas e mais compridas. Normalmente esse tipo de corte ajuda a dar volume e a encorpar os fios.

É verdade que cortar faz o cabelo crescer mais rápido?
Certeza de que você já ouviu isso mil vezes. Mas a história não é bem essa. Os fios têm um crescimento que independe da quantidade de vezes que você passa a tesoura – o que acontece é que, em um cabelo curto, o crescimento é muito mais visível do que em um cabelo longo. Além disso, ao cortarmos, removemos as pontas duplas, que deixam os fios com um aspecto enfraquecido. Consequentemente, eles ganham corpo e uma cara mais saudável, o que dá a impressão de que estão maiores.

De quanto em quanto tempo preciso retocar o corte?
Tudo vai depender do comprimento do seu cabelo. Ele cresce, em média, 1 centímetro por mês. Isso significa que, para os fios médios e longos, cortar de três em três meses é o suficiente para manter o visual. Para os curtinhos, 1 centímetro faz muuuuita diferença! Então, o tempo ideal entre uma visita ao salão e outra deve ser de 45 dias.

  • cortar cabelo
    Gif/Reprodução

    Só consigo remover as pontas duplas com tesoura?
    Sim, apenas o corte pode eliminá-las pra valer. Mas você não precisa necessariamente diminuir o comprimento dos fios. Basta apostar no bordado. Usando essa técnica, o cabeleireiro corta até 2 centímetros, removendo as pontas duplas praticamente sem mexer no tamanho. Existem métodos mais simples (e caseiros), porém eles só disfarçam o problema: reparadores com silicone e queratina até unem as pontinhas que estão separadas… temporariamente. Assim que você molha o cabelo, tchauzinho! E, como não custa prevenir, outra solução é evitar o aparecimento delas com hidratações semanais e com os tais reparadores de que falamos acima.

    O corte pode influenciar no volume?
    Sem dúvida! O corte muda completamente o caimento do cabelo. Repicar e desfiar, como explicamos, são técnicas perfeitas neste caso. Também é bom sempre ter em mente que, muitas vezes, a insatisfação com o volume dos fios rola porque ele não está bem distribuído (ou está concentrado na raiz ou é mais evidente nas pontas). Antes de querer eliminá-lo da sua vida, pense nisso. O que seria de um cacheadão se não fosse o volume, né?

    Quem aí ficou com vontade de correr para o salão?

    Quem deu as informações: Rodrigo Cintra, cabeleireiro do Studio W Iguatemi, e Fabinho Araújo, cabeleireiro e sócio do Criar.

    Continua após a publicidade
    Publicidade