Questão de saúde: 6 hábitos que você precisa evitar ao usar fone de ouvido

Acredite: seus ouvidos vão agradecer - e muito!

Você sai de casa, abre a mochila e se dá conta de que esqueceu seu fone de ouvido. Pausa para o choro. Triste, né? Afinal, o acessório já entrou para aquela lista de básicos – tipo celular e carteira. Mas sabia que às vezes você pode estar cometendo alguns abusos que afetam a sua saúde? A CH listou 6 hábitos pra gente ficar de olho e evitar.
 
 
1. Não prestar atenção no volume
O som alto ensurdece, não é lenda. Funciona assim: o som chega às células externas do ouvido, que transmitem um impulso elétrico para o cérebro. Esse impulso é o que ouvimos. Sons acima de 85 decibéis danificam essas células, que perdem o poder amplificador e não se recuperam (o dano é irreversível). Escutar música em volume excessivo provoca traumas nelas. Essa já é uma causa importante de distúrbios de audição entre jovens.
 
2. Ficar com ele por muito tempo
O som é formado por diferentes ondas de frequência, e as agudas são as mais perigosas pra audição. Enquanto no som ambiente elas são filtradas pelo teto, chão e móveis, no fone chegam ao ouvido com intensidade total! Por isso, ouvir música com o acessório só é aprovado dando pausas de cinco a 15 minutos a cada hora. E o limite de 20 horas por semana é o ideal. 
 
3. Abusar dos modelos grandes
Os modelos maiores de fone tapam mais a orelha e vedam melhor o som externo, mas também são mais potentes. Devem seu usados em uma altura que permita ouvir a voz de uma pessoa ao lado, por exemplo. Lembre-se também que músicas em formatos MP3, MP4 e .vwa são comprimidas, ou seja, são sem reflexos sonoros. Isso faz você aumentar o som pra tentar ouvir mais. Fique atenta! 
 
 
4. Usar fone de um lado só
Este hábito causa uma sobrecarga lateral no ouvido, até porque você ouve o som bem alto pra abafar o barulho ao redor. Regule seu aparelho a 50% do volume pra evitar prejuízos. Seu fone parou de funcionar de um lado? Ih, miga, melhor trocar o modelo.
 
5. Praticar certos exercícios
Correr ou andar de bicicleta na rua ouvindo música é um p-e-r-i-g-o! Por que? Isso aumenta o risco de um acidente, pois desvia sua atenção de outros estímulos externos, como buzinas e alertas. Fuja dessa, ok?
 
6. Dormir com o acessório
Esperar o sono chegar ouvindo música é uma delícia, né? Maaaaas… As células externas do ouvido sofrem trauma mecânico. Deitada, com o fone na cabeça, o risco é ainda maior.
 
Quantos destes hábitos estão na sua rotina?
 
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s