Quando eu devo tomar a pílula do dia seguinte?

Por Da Redação Atualizado em 17 ago 2016, 10h13 - Publicado em 18 dez 2015, 16h44
pilula-dia-seguinte
Foto: Thinkstock

Quando você fez sexo sem proteção ou quando, mesmo usando proteção, alguma coisa dá errado (por exemplo, a camisinha estoura). A pílula do dia seguinte também é recomendada para quem esqueceu de tomar a pílula normal com a frequência correta e, por isso, ao fazer sexo está correndo o risco de engravidar (em casos de estupro, ela é recomendada também). Ah, e esse medicamento deve ser tomada até 72 horas depois da relação sexual. Depois disso, não surte mais efeito.

Segundo o doutor Marcos Takimura, ginecologista, obstetra e professor da disciplina de ginecologia e obstetrícia do curso de medicina da Universidade Positivo (PR), essa pílula pode ser usada por adolescentes. Mas é importante falar com o seu médico antes e, caso você tome mais de uma vez em um intervalo de tempo curto, vale a pena pensar em um método contraceptivo mais eficiente. Usar a pílula do dia seguinte como único método anticoncepcional não é legal, pois ela pode desrregular a sua menstruação. Além disso, o medicamento não protege contra as DSTs. Por isso, a pílula do dia seguinte é um recurso que deve ser usado só em casos se emergência, ok?

Fonte: Manual de Critérios Médicos de Elegibilidade da OMS para uso de Métodos Anticoncepcionais. Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia, 2010.

Publicidade