Modelo com vitiligo defende fãs que imitaram a sua condição de pele e é ofendida

Algumas pessoas acharam a atitude preconceituosa

A modelo canadense Chantelle Brown-Young, também conhecida como Winnie Harlow,

está conquistando um grande espaço na indústria da moda e se tornou um símbolo da luta pela inclusão. Winnie é negra e tem vitiligo (uma condição de pele que causa a perda da pigmentação em algumas áreas do corpo), ela vem estrelando diversas campanhas de moda e beleza, como para as marcas Diesel e La Roche Posay, e mostrando a todos que a sua beleza é incrível.

Ela conquistou tantos admiradores com a sua posição superpositiva sobre tudo isso que começou a receber homenagens deles nas redes sociais. Porém, muitas pessoas acharam as mensagens ofensivas e acusaram os fãs de estarem se apropriando da cultura negra e até de fazerem blackface .

Para homenagear Winnie, seus fãs fizeram várias fotos imitando sua condição de pele. Alguns usaram aplicações de brilho, outros tinta metalizada, mas, tiveram algumas pessoas que optaram pela maquiagem em tom escuro para imitá-la e este foi o grande problema. Algumas pessoas consideraram isso blackface, o que é uma ofensa muito grave nos Estados Unidos.

Blackface era um personagem de teatro de um homem branco que se pintava de preto e fazia piadas e brincadeiras preconceituosas com os negros. Ele foi proibido quando começou a campanha pelos direitos civis da população negra norte-americana. Mas, ainda hoje ele representa um insulto.

A modelo saiu em defesa das homenagens nas redes sociais e deixou bem claro que tudo isso se tratava de demonstrações de carinho, nada de preconceito.

😴😴 never been called such derogatory slurs so repetitively.. By the the same people trying to nail me, but sound pretty backward with words of "coon" "white washed bitch" "brain washed nigga"… Actually sound stupid as hell with "she's not even really black" 😐 what is it called when your mother and father are Black..? Sigh. The point here is Not to make it seem that Blackface is okay, or act like our people haven't gone through hell and back to then have things from our culture be stolen. #BlackLivesMatter This is Very true. But This situation has nothing to do with blacks or whites. All races have recreated the pattern of my skin and when they did it, it was complimented and glorified. This is Not appropriation, go look up the definition real quick! And it barely has anything to do with Vitiligo to be honest. People bash my fans who get my face tattooed on their bodies. It's not actually about me or anyone else. It's about a feeling I've created, and what I represent to whoever draws me, tattoos me or recreates my look (regardless of race!). It's about the hope the pattern of my skin represents to THEM, it's You who places a negative on it. It's the representation of not being afraid to be proud of who you are not just a "disease" as you so disablingly call it. I know my history. If you know ANY black Canadian you would know we all know our roots and are proud of where we're originally from. But we also don't live in the past. We are in the present creating a new future and even if it's a slow progression we're having, why can't we continue? Our ancestors didn't go through bullshit their whole lives for us to sit here and stay bitter or hoard our culture. The fight was never to Keep us segregated. It was to allow us to come together. So while a Lot of things in this world are wrong (and No I don't support "Blackface"), a lot of things, including many intentions, are pure. Use common sense (and the definition…) to know the difference of appreciation and appropriation. Alright mi done talk!! Unno cyan gwan now and flip my words however u please 😎👑✌🏾️ #1Love

A post shared by ♔Winnie Harlow♔ (@winnieharlow) on

Winnie falou que passou anos da sua vida sofrendo com bullying pelo vitiligo e que hoje ela se aceita e as pessoas também, por isso querem copiá-la. Ela postou duas mensagens no Instagram se posicionando sobre o caso. Em uma delas, disse: “Minha resposta provavelmente não é o que muita gente quer ouvir, mas lá vai. Toda vez que alguém quer lábios mais grossos, ou um quadril maior, ou cabelos cacheados, ou trancinhas, não significa que nossa cultura está sendo roubada. Você já parou para pensar que tudo isso costumava ser ridicularizado e agora é desejado?”. Winnie ainda complementou: “Só porque uma garota usa lentes azuis e uma peruca não significa que ela quer ser branca, e só porque uma garota branca usa trancinhas e preenche os lábios, não significa que ela quer ser negra. A quantidade de raças mestiças vivendo no mundo hoje em dia é prova viva de que não queremos ser o outro, apenas nos admiramos” – Lembra da polêmica com as trancinhas da Kylie Jenner ? Tudo a ver com o exemplo que ela usou, né?

My response to this is probably not what a lot of people want but here it goes: every time someone wants fuller lips, or a bigger bum, or curly hair, or braids does Not mean our culture is being stolen. Have you ever stop to realize these things used to be ridiculed and now they're loved and lusted over. No one wants to "steal" our look here. We've just stood so confidently in our own nappy hair and du-rags and big asses (or in this case, my skin) that now those who don't have it love and lust after it. Just because a black girl wears blue contacts and long weave doesn't mean she wants to be white and just because a white girl wears braids and gets lip injection doesn't mean she wants to be black. The amount of mixed races in this world is living proof that we don't want to be each other we've just gained a national love for each other. Why can't we embrace that feeling of love? Why do we have to make it a hate crime? In a time when so much negative is happening, please don't accuse those who are showing love and appreciation, of being hateful. It is very clear to me when someone is showing love and I appreciate these people recreating, loving and broadcasting something to the world that once upon a time I cried myself to sleep over #1LOVE 💋

A post shared by ♔Winnie Harlow♔ (@winnieharlow) on

Em outra publicação, ela disse que estava sendo xingada e algumas pessoas diziam que ela não era nem negra por conta das manchas brancas em sua pele causadas pelo vitiligo. A questão toda é bem delicada por tocar em problemas culturais muito profundos. Porém, a modelo tem o direito de defender seus fãs e o seu entendimento da história, né?

O que você achou disso tudo?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s