Jovem fica parcialmente cega ao usar lente colorida no Halloween

Oftalmologistas indicam os cuidados que devem ser tomados ao utilizar o produto

Por Beatriz Arruda - Atualizado em 20 out 2017, 17h16 - Publicado em 20 out 2017, 17h09

Fantasias supercomplexas fazem sucesso no Halloween, principalmente nos Estados Unidos, onde a data é muito celebrada. Vale de tudo para arrasar: cílios postiços, machucados realistas, sangue fake, perucas… Mas, na hora montar o look, é preciso ter alguns cuidados para que a sua saúde são seja prejudicada. O que uma coisa tem a ver com a outra? Bom, veja o que aconteceu com a americana Leah Carpenter, de 17 anos: ela perdeu parte da visão de um olho depois de usar uma lente colorida estética (aquelas que não têm grau) para compor sua fantasia de zumbi. 

De acordo com o WXYZ, um canal de Detroit, Leah usou a lente e, no dia seguinte, acordou com um olho inchado e vermelho. Depois de consultar um médico, foi diagnosticado que a garota estava parcialmente cega porque a camada superior da sua córnea havia sido retirada.  

dakota-ganning-gif
GIF/Reprodução

Que tenso, né? Segundo oftalmologistas consultados pela CH, muitos são os fatores que podem ter ocasionado o problema. Mas a hipótese mais provável é de que o olho ficou muito seco e, por isso, a lente meio que “colou” nele. No momento da remoção, o epitélio – camada bem fininha que protege a córnea – acabou sendo retirado também. Consequentemente o olho ficou mais suscetível ao contato com bactérias e ao desenvolvimento de úlceras (machucados).

A qualidade da lente pode ter tido grande influência em tudo isso. O ideal é que ela permita que o oxigênio passe e nutra o olho. Dependendo do processo utilizado pelo fabricante e do modo como o produto foi armazenado, essa característica fica comprometida.

Continua após a publicidade
maquiagem-halloween-lente-colorida
É preciso ficar atenta aos cuidados com as lentes, ainda que elas não tenham grau Instagram/Reprodução

De qualquer forma, mesmo que a marca seja conhecida e considerada boa, é preciso tomar alguns cuidados ao utilizar as lentes estéticas: 

  1. Não dormir com elas;
  2. Ficar atenta ao prazo de validade;
  3. Fazer a higienização com produtos indicados e, de preferência, com ação bactericida;
  4. Guardar as lentes em lugar limpo e higienizado (nunca no banheiro!);
  5. Não insistir no uso se sentir algum desconforto;
  6. Aplicar maquiagem só depois de colocar as lentes – e usar demaquilante apenas após retirá-las;
  7. Vai aplicar spray no cabelo? Faça isso antes de colocar as lentes, para evitar que o produto deixe qualquer resíduo nelas.

Vale lembrar que as lentes de contato tradicionais, que corrigem problemas de visão, ainda exigem alguns outros cuidados, como você pode ver aqui.

De acordo com os médicos, sempre que alguém for usar lentes pela primeira vez, é preciso consultar um oftalmologista antes. O motivo? Por causa de questões que envolvem a curvatura ou a umidade do olhos, além do relevo da córnea, cerca de 15% da população brasileira simplesmente não pode utilizá-las. Isso só aqui no país! Embora a recomendação principal seja essa, alguns especialistas afirmam que, se os devidos cuidados forem tomados, a chance de algum problema acontecer é menor. 

Apesar da festa, o assunto não é brincadeira!

Continua após a publicidade

*Quem deu as informações: Dr. Leôncio Queiroz Neto, do Instituto Penido Burnier de Campinas; e Dr. Renato Neves, do Hospital de Olhos Eye Care. 

 

Publicidade