Desvendamos os benefícios da manteiga de karité para o cabelo crespo

Especialistas explicam à CH como inserir esse produto na rotina de cuidados.

Por Taya Nicaccio Atualizado em 8 abr 2022, 16h36 - Publicado em 8 abr 2022, 15h43

Quem tem um produtinho com manteiga de karité em casa levante a mão. Você é uma delas? Caso não, duvidamos que algum produtinho com esse ingrediente potente não passou pelos seus cuidados de beleza. Ele está presente em muitos itens e tem grandes feitos e ações – principalmente na pele e cabelos. Mas o karité é um ativo supernutritivo e aclamado por crespas e cacheadas. Nada como um produtinho que potencializa a nossa beleza, não é mesmo?

Quando o assunto é hidratação e proteção da pele ou, brilho, hidratação e atuação emoliente para a finalização dos cabelos, a manteiga de karité aparece no topo da lista dos nossos produtos favoritos. Pensando em conhecer ainda mais os seus benefícios e como incluí-la na sua rotina de cuidados e finalização, a CAPRICHO conversou com especialistas.

O que é manteiga de karité?

Extraída do fruto seco da árvore, a manteiga de karité vem diretamente da Shea Tree, também conhecida como árvore do Karité. Segundo Katleen Conceição, dermatologista referência em pele negra e especialista pela sociedade brasileira de dermatologia, o fruto é nativo do cinturão equatorial entre Gâmbia e Sudão, na África.

Imagem mostra uma tábua de madeira repleta de frutos do karité, manteiga de karité, folhas e flores.
Fruto do karité e seus derivados Pixelshot/Canva Imagens/Reprodução

“[A manteiga de karité] possui alto potencial hidratante, benefício ligado ao alto teor de ácido graxos contidos no ativo, como os ácidos oléicos (Ômega-9), esteáricos e linoléicos (Ômega-6)”, explica Katleen.

Para que serve?

A manteiga de karité auxilia na hidratação da pele e do cabelo. “Ela tem ativos como Vitamina A, Vitamina E e ácidos graxos que são componentes da nossa barreira cutânea. Para mantermos a nossa pele íntegra e hidratada, ela precisa ter uma boa barreira cutânea e é aí que entra a manteiga de karité, na reparação de barreira e agindo como um hidratante potente”, conta Camila Rosa, dermatologista. 

E não para por aí. De acordo com a Katleen Conceição, por ser um ativo com alto teor hidratante e emoliente com grande capacidade de retenção de água, ele auxilia na pele ressecada, no frizz e nos cabelos ressecados e quebradiços. Tu-do! <3

Quais são os benefícios da manteiga de karité?

Novamente, através do fruto karité nós temos um produto rico em vitaminas e ácidos graxos essenciais, que fazem aquele papel fundamental de reposição da hidratação, sabe?

Ao longo do tempo, você pode sofrer diversos danos no cabelo devido a poluição, idade, sol, água, procedimentos químicos e calor gerado através dos aparelhos, como o secador, por exemplo. Para Camila Rosa, os hidrantes presentes na manteiga de karité auxiliam na reposição e melhora dos fios, “beneficiando sua emoliência e possibilitando que fiquem mais maleáveis, hidratados e cheios de brilho”. 

Continua após a publicidade

solange knowles
Solange Knowles exibindo as madeixas Reprodução/Instagram

Qual é a sua função na hidratação do cabelo crespo?

Ainda de acordo com Rosa, o cabelo crespo é mais sensível, porque possui menos água em sua constituição. Logo, os fios que possuem menos água são menos hidratados e necessitam de mais hidratação. 

“Somados aos produtos que possuem um alto poder de hidratação, eles [os cabelos crespos, em curvaturas 4ABC] se beneficiam muito. A manteiga de karité é um excelente produto para ser utilizado e ajudar nessa reposição da hidratação que é deficiente e potencializada pelos procedimentos químicos, pelo calor e alguns penteados que são feitos em cabelo crespo”,  explica a especialista.

Como usar na sua finalização favorita?

Basta aplicar o produto (creme de pentear, máscara de umectação noturna ou óleo) nos fios e apostar na sua finalização favorita – uma boa pedida podem ser os twists. Olha como é fácil:

  • Divida todo o cabelo ao meio e faça uma maria-chiquinha;
  • Umedeça levemente os fios e aplique o produto escolhido;
  • Pouco a pouco, divida o cabelo em pequenas mechas – mas, não muito;
  • Pegue um poquinho de cabelo, divida em dois e torça um ao outro, sabe?;
  • Assim que finalizar todo esse processo, faça uma trança embutida com todos os twists e tá pronto.

Dica: não precisa deixar o cabelo encharcado de creme ou água, viu? A ideia é ele ir secando conforme os twists vão sendo feitos! Para dormir, você pode investir em uma fronha de cetim e finalizá-lo como quiser no dia seguinte, seja com definição ou sem definição. <3

Contraindicações?

Quanto às contraindicações, pode ficar despreocupada, viu? A manteiga de karité é tão perfeita, que não tem nenhuma contraindicação. 😉

Quantidade + frequência ideal para aplicar nos fios

O que vai ditar a quantidade e a frequência ideal de aplicação nos fios é o seu cabelo. “Normalmente, [a manteiga de karité] pode ser usada com máscaras de hidratação 2x na semana e em forma de óleos”, explica Conceição.

Garota lavando o cabelo no banho. Ela está de olhos fechados, com as duas mãos na cabeça, e na foto de baixo para cima dá para ver o chuveiro.
Garota lavando o cabelo no banho Getty Images/Getty Images

Ah, e atenção. Ainda de acordo com a Katleen, o ingrediente pode ser aplicado no couro cabeludo antes do shampoo e, nos fios, antes do secador e após a lavagem. Anotou a dica? 

E aí, animada para inserir a manteiga de karité na sua finalização? Conta pra gente!

Quem deu as informações: Camila Rosa, médica dermatologista responsável pelo setor de pele negra na DermaColor. Katleen Conceição, dermatologista referência em pele negra e especialista pela sociedade brasileira de dermatologia, chefe do setor de dermatologia para pele negra do grupo Paula Bellotti, membro do Skin of Color Society e mais.

Continua após a publicidade

Publicidade