De trancinhas, Kim Kardashian é acusada de apropriação cultural

Ela ainda associou o estilo à Bo Derek, uma modelo e atriz branca

Por Da Redação Atualizado em 29 jan 2018, 19h35 - Publicado em 29 jan 2018, 17h53
Promoção CAPRICHO Volta às Aulas 2018
Divulgação/CAPRICHO

Eita! No último final de semana, Kim Kardashian publicou um vídeo no Snapchat em que aparecia com o cabelo cheio de trancinhas, com contas nas pontas. Várias pessoas não ficaram contentes com o visual e a acusaram de apropriação cultural. 

  • No vídeo, a socialite diz que está curtindo muito o penteado e que ele foi inspirado em Bo Derek, famosa modelo e atriz dos anos 70, que também usou as trancinhas. Numa foto publicada nesta segunda-feira (29/1) no Instagram, Kim também fez referência à modelo na legenda: “Bo West”. Este fato, além do penteado em si, incomodou os seguidores.

    apropriação-cultural-trancinhas-kim-kardashian
    Bo Derek e Kim Kardashian com o cabelo trançado Snapchat/Reprodução

    Nas redes sociais, as pessoas apontaram que esse estilo de penteado tem importância história e cultural para as mulheres negras e, além de desrespeitá-las por estar utilizando, associou o cabelo à Bo, uma mulher branca.

    View this post on Instagram

    BO WEST

    A post shared by Kim Kardashian West (@kimkardashian) on

    “O que me irrita é o fato de que ela as chamou de ‘tranças da Bo Derek’ como se fosse a origem delas. Se você for usar tranças africanas, pelo menos tenha o mínimo de respeito e as chame do que são”, escreveu @t.kaliyah no Instagram. A usuária @candypaynt reforçou: “Elas não são ‘tranças da Bo Derek’, elas são cornrows (tranças africanas)”.

    E aí, o que você acha disso? 

    Continua após a publicidade
    Publicidade