Ela só queria dançar, mas foi barrada em balada por ser gorda

Dá para acreditar neste mundo em que vivemos?

Recentemente, mais um caso absurdo envolvendo baladas ganhou a internet. Bobbi Jo Goldsmith, de 20 anos, combinou de comemorar seu aniversário com as amigas na famosa boate Libertine, nas proximidades do bairro Soho, em Londres, quando foi barrada na porta por ser, de acordo com a inglesa, “muito grande”. Ao jornal britânico Mirror, a jovem revelou que ela e outras dez amigas, que estavam com o nome da lista de convidados, foram vitimas de gordofobia. “Fiquei totalmente envergonhada. Eles (os funcionários) apenas nos olharam de baixo para cima e nos disseram que éramos muito grandes“, afirmou.

Ela só queria comemorar os 20 anos, mas foi barrada em balada por ser 'muito grande'

No Facebook, Deborah Kerr, mãe da inglesa, postou um desabafo e deu mais detalhes sobre o ocorrido: “O promoter Carmelo foi informado por Layha, a francesa alta na entrada da casa, que este grupo de jovens não faziam parte do visual que o clube desejava ter e que elas eram muito grandes (no sentido de “muito gordas”). Eles fizeram as meninas se sentirem horríveis! Elas foram retiradas da fila e mandadas embora”. Bobbi, hoje, considera-se recuperada da humilhação, mas na noite em que tudo aconteceu, a jovem disse que se sentiu humilhada e que a balada estragou o seu 20º aniversário.

Em contrapartida, o clube Libertine London soltou uma nota oficial dando a entender que a pessoa que destratou a jovem provavelmente não trabalhava na casa: “Em qualquer noite nosso clube é repleto de um grupo diverso e inclusivo de pessoas, que é algo de que nos orgulhamos. Nós nunca rejeitaríamos ninguém com base no tamanho de roupa que veste ou aparência física“. Além disso, o comunicado meio que deixa no ar a possibilidade de que Bobbi e suas amigas terem sido barradas porque a boate já estava cheia – mesmo as garotas tendo reservado uma mesa antecipadamente. “O clube está quase sempre lotado e ter de rejeitar frequentadores é rotina para nós e qualquer outra casa”, está escrito na nota. Cotraditório, não?

Ah! E caso você esteja se perguntando, a estudante veste roupas tamanho 40. Não que isso faça alguma diferença, vista a pessoa 36, 38, 46.. Lembrando que, no ano passado, no Brasil, uma garota foi proibida de entrar em uma famosa balada de São Paulo por não se enquadrar aos padrões de beleza da casa e “não estar vestida de acordo” (ela estava sem sapatos de salto alto). Em agosto deste ano, um garoto, que estava com nome na lista da mesma casa noturna, foi barrado na entrada por ser negro, de acordo com depoimento postado no Facebook.

 

+ Leia também: Selena Gomez não está gorda. Mas isso, realmente, faria alguma diferença?

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Como assim, gorda?? ñ achei ela gorda

    Curtir

    1. Gabrielly Andressa

      Pois é, eu também não achei ela gorda

      Curtir

  2. Ela nem é gorda, mas é dai se fosse??? Um absurdo isso
    https://geovanacanovas.wordpress.com

    Curtir

  3. Vitória Oliveira Silva

    Velho ela não é gorda e mesmo se fosse eles não tinham esse direito gorda ou não ela é linda

    Curtir