Dia Mundial de Luta Contra a Aids: Faça sexo com camisinha, ok?

Nos últimos 10 anos, houve aproximadamente 35 mil novos diagnósticos de Aids entre jovens de 15 a 24 anos. Proteja-se!

Nesta quinta-feira (1), é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. E, olha, se você não dá muuuita importância para esta data, deveria.

Segundo dados do Boletim Epidemiológico Nacional, os números de jovens portadores da doença são preocupantes. De 2005 a 2014, a taxa de detecção de casos de Aids entre jovens com 15 e 19 anos mais que triplicou (de 2,1 saltou para 6,7 casos por 100 mil habitantes), e entre os jovens de 20 a 24 anos anos, a taxa praticamente dobrou (de 16 para 30,3 casos por 100 mil habitantes).

aids

(Reprodução)

De acordo com Sandra Santos, a presidente da Fundação Poder Jovem, que cuida do bem-estar de jovens vivendo e convivendo com o HIV/Aids, o boletim mostrou que, entre 2015 e 2016, houve um aumento de 30% dos casos de jovens de 15 a 24 anos infectados pela doença.

“O Ministério da Saúde mostrou que o maior crescimento de diagnóstico de Aids está nesta faixa etária. Nos últimos 10 anos, foram aproximadamente 35 mil novos casos notificados“, explica Rosa Neme, ginecologista e obstetra do Hospital Israelita Albert Einstein. Complicado, né?

E, adivinhe? Uma das formas mais corriqueiras de ser infectada pelo vírus é através do sexo sem camisinha. 

camisinha-capricho

(Reprodução)

Para Sandra, isto acontece pelo fato de o Brasil não ser um país que tem a cultura de prevenção.

Basta conversar com adolescentes para perceber esta verdade alarmante. Entre as meninas, isto ainda é pior. Já que vivemos em uma sociedade machista, patriarcal e que sempre tenta nos anular do tema sexo. 

Afinal, atire a primeira pedra que menina nunca ficou tímida em abordar o assunto com a família ou na escola. E, caso você consiga falar sobre isso, com certeza já foi obrigada a ouvir a mentira que, por transar, é p#t@. Oi? Ou, a pífia ideia de que garotas que fazem sexo fora do casamento não são para casar. What? Assim, por vergonha da opressão, a informação de como se prevenir, principalmente entre as jovens, fica errada.

Há inúmeras garotas que pensam que, por tomarem apenas o anticoncepcional, estão imunes a qualquer coisa durante a relação sexual. E, não é bem assim…”Na verdade, o anticoncepcional só protege a jovem contra uma gestação indesejada. A camisinha, entretanto, a protege disso, do HIV e também contra doenças sexualmente transmissíveis, como sífilis e gonorreia”, comenta Rosa.

Inclusive durante o sexo oral, também é necessário usar preservativo. “Se a genital ou a boca estiver com lesões, há a possibilidade de contaminação”, avisa a médica. E, não fique tímida em exigir para que o boy use camisinha durante a relação, ok? Ou, se quiser, use a camisinha feminina, que também a protegerá! E nem é preciso gastar , você pode as conseguir de graça em qualquer posto de saúde. 

Na hora de usar, lembre-se dos seguintes passos: nunca abra a embalagem com os dentes! E, caso use a masculina, sempre faça um ajuste torcendo levemente a ponta da camisinha e coloque até cobrir todo o pênis. Vale, também, ler a embalagem❤

camisinha-gif

(Reprodução)

Segurança em primeiro lugar, tá? Estamos aqui para a ajudar!

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s