#SaveMarinaJoyce: Teoria diz que inglesa está presa e sofre abuso

Os fãs da YouTuber Marina Joyce estão usando a tag nas redes sociais para questionar um possível crime, enquanto outros a acusam de marketing.

Por Isabella Otto - Atualizado em 11 out 2017, 15h00 - Publicado em 27 jul 2016, 12h40

Há algum tempo, surgiu o questionamento de que a YouTuber Marina Joyce, de 19 anos, poderia estar tendo problemas com drogas. O boato, porém, não se confirmou – mas se modificou. Já faz alguns meses que a inglesa, famosa por seu canal no YouTube, em que dá dicas de moda, beleza e comportamento, apresenta um comportamento um tanto quanto esquisito.

A Pixie Cat, como gosta de ser chamada, vem postando tweets preocupantes e, de acordo com alguns fãs, mandando mensagens subliminares em seus vídeos. Muitos seguidores já estavam preocupados, mas, após a mais recente publicação de Marina, eles concluíram que, definitivamente, alguma coisa está errada. A suspeita é de que a YouTuber esteja sob cárcere privado e sofrendo abuso sexual e psicológico do namorado.

Na vídeo, intitulado “Date Outfit Ideas” (Ideias de looks para encontros), Joyce faz propaganda de alguns vestidos kawai. Contudo, o que choca é o comportamento da jovem: olhar vago, voz entrecortada, movimentos nada confortáveis. Além disso, a partir do 1’02”, quando a inglesa vira de costas, é possível ver vários hematomas nos braços dela. Algumas pessoas ainda afirmam que, no mesmo vídeo, é possível escutar barulhos de correntes e um pedido de socorro. Confira o vídeo na íntegra logo abaixo:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=FqhFUbtpiB4%5D

Um usuário do Twitter diminuiu a música de fundo do conteúdo original para que fosse possível escutar mais claramente o pedido “Help me” de Marina:

Outros indícios assustadores vêm surgindo e alimentando a teoria. Um seguidor notou que há sempre uma espingarda no quarto, que aparece em quase todos os vídeos da YouTuber. Quando questionada por um fã se ela estava bem, Marina primeiro respondeu que sim, depois logo disse que não. Os tweets foram apagados em seguida.

Nas imagens abaixo, é possível ver que há um reflexo duvidoso no olho da inglesa, que parece até um rosto desfigurado. Em outro vídeo, é possível ver uma máscara no quarto, apoiada na mesinha de cabeceira, bastante parecida com o que vemos no reflexo da íris.

Um tweet recente de Marina Joyce também chama a atenção. Nele, a inglesa recria um diálogo em família, em que um parente a questiona sobre o que ela está fazendo com a sua vida; e ela responde que é surpresa.

Isso não só chamou ainda mais a atenção dos seguidores, como fez surgiu outras teorias. O usuário abaixo, por exemplo, afirma que Marina e o garoto da imagem à direita são a mesma pessoa, e que essa é a surpresa da qual ela fala.

Recentemente, para acalmar os fãs, Joyce fez uma transmissão ao vivo – que só os deixou ainda mais preocupados. Em um dado momento, a YouTuber, quando está dizendo que não está em perigo, parece se engasgar e pedir sutilmente socorro.

Em outro momento da transmissão, Marina fica bastante perturbada e um usuário chega a perguntar para quem ela está olhando.

Para muitos, Marina Joyce está olhando para o namorado (o cara do vídeo abaixo), que a está fazendo sua prisioneira, torturando e abusando da YouTuber. Esta é uma acusação bastante grave. Vale lembrar que, em 2014, Joyce revelou em um vídeo já ter sido abusada sexualmente.

Continua após a publicidade

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=WkxLowTapGY%5D

Além das teorias sobre relacionamento abusivo, que ela estaria se envolvendo com drogas e que ela, na verdade, é um cara, há outra especulação: a de que a inglesa estaria com distúrbios alimentares e se automutilando. A suspeita veio após alguns seguidores notarem que ela vem falando cada vez mais sobre comida nas redes sociais, mas ficando cada dia mais magra.

As quatro teorias são extremamente assustadoras e gravíssimas. Com a tag #SaveMarinaJoyce, os fãs chamaram a atenção das autoridades e muitos chegaram a relataram o caso diretamente para a polícia, atendendo ao suposto pedido de socorro da YouTuber. Na manhã desta quarta-feira, 27, o Serviço Metropolitano de Segurança de Londres afirmou através de um tweet que Marina Joyce está em segurança.

O caso é curioso e, ao mesmo tempo, assustador. Como ajudar uma pessoa que não quer (ou não pode) ser ajudada? Este é o questionamento de muitos internautas, que seguem de olho na YouTuber inglesa, de 19 anos, que claramente não está bem – apesar de afirmar o contrário.

O que está acontecendo com Marina Joyce?

Publicidade