Pequenas grandes ações: histórias inspiradoras de meninas que lutam por um mundo melhor

Para mudar o mundo, basta querer! #SaveTheHumans #ActionCH

Na semana passada, o One Direction anunciou uma parceria com a Action 2015, aliança composta por organizações de todo o mundo. O objetivo é combater problemas globais e ajudar a tornar o mundo um lugar melhor no futuro.

Envolver-se com projetos mundiais é incrível, mas você também pode fazer pequenas ações no dia a dia para mudar o seu mundo e transformar a vida das pessoas ao seu redor! Para te inspirar, resolvemos dar algumas sugestões e contar a história de meninas que já acharam uma maneira de fazer a diferença.

1. Trabalho voluntário

Essencialmente, você se dedica por um período a alguma atividade não remunerada de interesse social e comunitário. Listamos algumas das várias formas de fazer trabalho voluntário:

– Frequentar creches ou asilos

Muitas creches contam com voluntários para brincar com as crianças, além de participar da educação delas. Já nos asilos, você pode ajudar a cuidar dos idosos ou simplesmente conversar. Sua atenção pode ser valiosa e, acredite, você aprenderá muito com eles .

A Evelyse Francisco já achou um jeito de ajudar as pessoas. Ela faz parte do Projeto Alegria, que organiza grupos de visita aos hospitais do município . “Nós brincamos, cantamos e conversamos tanto com pacientes quanto acompanhantes, pois acreditamos que todos que estão dentro daquele ambiente precisam de ajuda, companheirismo, alegria e principalmente solidariedade”. Para ela, o trabalho está concluído com sucesso quando eles veem o sorriso no rosto das pessoas. “Foi realmente a melhor coisa que já fiz na minha vida, nada no mundo é mais gratificante do que um sorriso “.

– Participar de ONGs

Existe uma infinidade de grupos sociais sem fins lucrativos. As ONGs atuam em questões de meio ambiente, economia, política, sociedade e etc. Como o campo é muito amplo e cada uma costuma trabalhar de um jeito diferente, o ideal é pesquisar, dentro da área de seu interesse, as que existem perto de você e como é possível colaborar.

– Abrigos de animais abandonados

Se você é amante dos animais, saiba que pode ajudá-los também! Muitos abrigos dão assistência a animais de rua, que, geralmente, depois de tratados, são colocados para adoção. São vários bichinhos que precisam de amor e cuidados; e você pode proporcionar isso a eles!

A Paola Frizzo pensou em uma maneira diferente de ajudar e ainda conhecer um lugar novo. Ela está na África do Sul fazendo trabalho voluntário com diversos animais durante quatro semanas . “Trabalhamos muito duro a maioria do tempo, precisamos limpar todos os recintos em que os animais passam a noite, consertar as estradas de terra da reserva e também preparar a alimentação deles”. Apesar de ser cansativo, ela recomenda a experiência para quem gosta de animais e quer ajudá-los. ” A interação que temos com esses animais, o conhecimento que ganhamos e as amizades que fazemos supera todo o resto “.

2. Reciclagem

Em primeiro lugar, jogar lixo no lixo, seja onde for, é fundamental. A reciclagem é uma das maneiras mais simples de você, no dia a dia, ajudar a diminuir a poluição e conter o desperdício de materiais. Muitos lugares já dispõem daquelas lixeiras coloridas para que o lixo seja descartado corretamente. Mas também é possível fazer isso em casa . Separe o material reciclável do orgânico. Se o seu prédio ou bairro ainda não faz a coleta seletiva, converse com o síndico ou a subprefeitura do seu bairro. Ah! E no caso de dúvida sobre o que fazer com embalagens sujas, aqui vai a dica: se for possível, limpe-as e descarte no reciclável. Se não, considere como lixo orgânico, pois a gordura e a sujeira dificultam muito o processo de reciclagem. Cuidado redobrado com pilhas, baterias e óleo de cozinha. Nada de jogá-las em lixo comum e descartá-lo no ralo da pia.

A Gabriela Peres é bem ecológica. Ao invés de usar sacolas plásticas, na casa dela, os materiais recicláveis são lavados e colocados em caixas de papelão . No entanto, a iniciativa de coleta seletiva não é do governo. “Passam homens toda terça e quinta para retirar o lixo reciclável. Todo mundo da rua colabora com eles, que acabam tendo uma fonte de renda”. Além disso, os pais da Gabi geralmente fazem compostagem com alguns materiais orgânicos e utilizam o produto para adubar a horta que têm no quintal.

3. Doações

Ei, não estamos falando em dinheiro! Já pensou quantas pessoas ficariam felizes com o que você não usa mais? Reavaliar suas roupas de vez em quando e separar para doação o que não serve mais ou o que você já nem usa tanto assim pode, além de abrir espaço para coisas novas, vestir outras pessoas que estão precisando muito. O mesmo pode ser feito com brinquedos e bichinhos de pelúcia, que com certeza serão bem aproveitados por crianças. Até móveis podem ajudar. Ao invés de jogar fora, doe (o Exército de Salvação faz um trabalho bem bacana nesse aspecto). Comida também pode ser doada e fazer uma diferença enorme na vida de quem precisa. Sabemos que nem sempre é fácil desapegar de algumas coisas, mas pense em como mudar a vida de alguém pode te fazer bem !

Sabia que você pode doar até cabelo? Foi o que a Renata Greco fez. Desde pequena, ela sempre teve cabelos longos. Com 18 anos, a faculdade dela fez uma campanha para doação e ela resolveu participar. “Mesmo que eu não gostasse, para mim cresce rápido e eu poderia fazer uma menina muito feliz com uma pequena ação”. Ela cortou 30 cm para que pudessem fazer uma peruca linda para alguma menina usando apenas o cabelo dela . “Aquela sensação de felicidade inexplicável começou a passar por mim (quando chegou a vez dela de cortar)… Não tem palavras!!!”

4. Participar de Grêmios Estudantis e Centros Acadêmicos

Se você se interessa por coisas associadas à política, essa é uma ótima ideia! O Grêmio Estudantil, nas escolas, e o Centro Acadêmico, nas faculdades, são entidades acadêmicas que representam os interesses dos alunos e têm fins culturais, educacionais, desportivo, sociais e cívicos . Com a intenção de estimular maior interação entre os estudantes, essas organizações costumam promover diálogo entre o corpo docente, coordenação e alunos. Também podem organizar atividades extra-curriculares, como debates, palestras e até festas.

A Victória Mariuzzo decidiu participar do CA da faculdade para se sentir parte de algo maior. “Eu acho que cursar uma faculdade é muito mais do que estar presente na sala de aula e passar de semestre”. Ela acredita que o Centro Acadêmico é a voz do aluno lutando pelos seus direitos . “O que nós fazemos pelos outros é sempre levar em conta a opinião deles e, mais do que isso, poder ajudar”. A Vic também conta que eles estão sempre tentando atualizar os alunos, fazendo palestras e levando assuntos polêmicos, além de bater de frente com a faculdade quando surge um problema.

Além de todas essas sugestões, vale lembrar que o respeito no dia a dia é a chave para melhorar o mundo ao seu redor . Cumprimentar as pessoas já é um ótimo começo. E se você vir um idoso ou deficiente na rua, por que não se oferecer para ajudar? Além disso, respeitar filas e assentos preferenciais é sinal de educação e bom senso. Também lembre-se de ser gentil e honesto com sua família e amigos, mesmo quando seu dia não estiver tão bom. E, é claro, dadas as atuais circunstâncias, lembre-se de economizar água e maneirar naquele banho de trinta minutos. O bem se espalha e sorrisos se multiplicam!

E você, o que faz para mudar o mundo? Conta pra gente!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s