It quarto: o amuleto da sorte de Bianca Ramuth

A estudante acredita que o diferencial está meros nos detalhes.

“Um amuleto contra mau-olhado”. Essa pode ser tanto a definição do símbolo Hamsá, muito usado por praticantes do judaísmo, quanto a descrição do quarto da Bianca Ramuth, de 21 anos. A estudante de administração, que cursa o 3º ano da PUC, em São Paulo (SP), acredita que os detalhes e o DIY (o tal do “faça você mesmo”) fazem toda a diferença na decoração.

Bia, qual foi a sua última compra para o quarto?

Acho que o shape com estampa do Hamsá . Depois da minha cama, o que mais gosto no meu quarto é justamente esse painel feito com shapes de skate. Meu primo abriu uma loja online recentemente e desde que vi esse produto lá, decidi que ele seria meu. Fiquei apaixonada!

O Hamsá significa alguma coisa para você?

Com certeza! Sou judia e o Hamsá é um símbolo que aparece constantemente na minha religião. Ele é um talismã, que representa proteção. Adoro o significado!

E você anda de skate?

Já tentei, mas sou muito medrosa. (risos) Não gosto de levar tombos, então sempre acabo largando a mão de aprender.

Você gosta dessa coisa de “faça você mesmo”. Tem algo fruto de DIY no seu quarto?

Sim! Os quadrinhos de scrapbook fui eu que fiz, assim como as letras em madeira. Na verdade, eu comprei as letras prontas, mas customizei: pintei de branco e colei as pérolas nas laterais.

Como você fez os scrapbooks de parede?

Comprei cada material separado: madeira para a moldura, detalhes para a customização… Nada de kit! Eu sempre gostei muito de scrapbook e em 2009, durante um intercâmbio que fiz para a Nova Zelândia, acabei aprendendo como fazer. Desde lá, faço scrapbooks de todas as minhas viagens. Também já fiz alguns cursos sobre a arte e acabei usando muitas das técnicas que aprendi nos quadrinhos.

Qual foi a sua inspiração?

Me inspirei em coisas que tenho visto recentemente, como letreiros bonitos. As cores dos quadrinhos, por exemplo, combinam perfeitamente com a roupa de cama florida. Curti o resultado!

E como foi a viagem para a Nova Zelândia?

Maravilhoso! Com certeza, foi a melhor época da minha vida. É aquela famosa frase, sabe? “Quem acha que a melhor fase da vida é a infância, ainda não fez intercâmbio”. (risos)

Você trouxe alguma coisa de lá?

Ai, até trouxe, mas gosto mesmo de três quadrinhos que trouxe da minha viagem mais recente. Fui para Nova York no ano passado e​ vi vários quadros sendo vendidos em frente ao MOMA (Museu de Arte Moderna). Não resisti e trouxe três para casa. É como se eu tivesse um pedacinho de NY no meu quarto!

Qual palavra definiria o seu quarto?

Happiness (felicidade). É o meu cantinho, o meu refúgio. Lá tudo é do meu jeito, tudo tem a minha cara. Sinto-me feliz, segura e confortável. É um lugar íntimo onde só permito que entre energias positivas e pessoas boas. É um lugar que sempre me deixa feliz.

Qual é a sua dica de decoração?

A decoração deve ser a representação da sua essência. Seu quarto deve representar o seu gosto. Só assim seu cantinho vai ficar com a sua cara.

Quer participar do It Quarto? Então clique AQUI e preencha o formulário!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s