Instagram da Leitora: bandas e artistas decoram o feed da Giu

'É o momento que diz se aquela será uma foto boa', garante a estudante de fotografia Giuliana Bonequini.

A paixão por fotografia começou cedo para Giuliana Bonequini, de 21 anos. A estudante lembra que acompanhava a banda Cine por volta de 2008 e amava ver as fotos do Rogério Soeiro, fotógrafo do grupo. “Comecei a fotografar e mandei minhas fotos para o Rogério. Ele disse que eu mandava bem e deveria continuar. A resposta me deu o gás que eu precisava”, afirma. Hoje, Giu está fazendo faculdade de fotografia e pretende trabalhar em um jornal, uma revista ou uma produtora!

View this post on Instagram

3/3 por @cmolc #vslifes

A post shared by GIULIANA BONEQUINI (@giulianabonequini) on

O feed da estudante é repleto de música! Como social media, ela teve oportunidades de fotografar os artistas que mais gostava. “Trabalhei durante um tempo com a banda NDK, de Jundiaí. Eles abriram shows de bandas conhecidas, como Fresno, Far From Alaska, Esteban Tavares, CPM 22, Raimundos… Foi uma experiência incrível!“, conta.

View this post on Instagram

Esteban Tavares // Sampa #esteban #tavares

A post shared by GIULIANA BONEQUINI (@giulianabonequini) on

Giuliana revela que não costuma organizar a conta do Instagram, mas mantém um padrão de distância focal. “A maioria das fotos tem enquadramento e distância parecidos”, explica. Para fazer a edição das imagens, os filtros preferidos são os C1, B5 e HB2, do aplicativo VSCO. Ela também prefere variar nas cores: “amo fotografia em preto e branco, mas não teria um feed inteiro assim. Procuro ter mais variações de tons e cores. Então, é bastante mesclado!”. A câmera usada pela Giu é a Canon T5i.

É claro que tem que ter inspiração para as fotos, né? Os fotógrafos de shows que inspiram a Giu são a Ashley Osborn e o Luringa, que até já deu umas dicas para ela. Em moda, a inspiração vem do Mateus Aguiar e Gabriel Venzi. “Cada fotógrafo agrega um novo valor. Acho que cada detalhe faz a diferença. Novas influências vão surgindo”, conta.

Sabe aquela ideia de que a foto serve para representar a essência do momento? A Giu entende bastante disso! “Sempre que vejo algo que acho incrível ou até mesmo uma coisa simples, mas que traz uma sensação boa, fotografo“, explica a estudante, que ainda completa: “é o momento que diz se aquela será uma foto boa”.

View this post on Instagram

👽 by @cmolcc

A post shared by GIULIANA BONEQUINI (@giulianabonequini) on

Para ter essas fotos maravilhosas na sua timeline do Instagram, é só seguir a @giulianabonequini!

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s