Flamengo conquista título inédito em campeonato de League of Legends

Com direito a torcida organizada no Rio de Janeiro, a equipe finalmente deixou a sina de vice para trás - e a festa foi linda!

Por Amanda Oliveira - 9 set 2019, 11h00

No último sábado, 7, rolou a final da segunda etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends, o CBLoL. Nesta edição, o confronto decisivo ficou entre as equipes Flamengo e INTZ – uma disputa acirradíssima! Para os fãs do jogo, esse definitivamente é um dos eventos mais aguardados do ano e a CAPRICHO esteve presente para acompanhar de pertinho.

Flamengo é o grande campeão da final do 2º Split do CBLoL 2019. Riot Games/Divulgação

Neste ano, a final ficou ainda mais especial por ter o Flamengo na disputa e o local escolhido para o evento ser a Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro. Ou seja, a torcida era majoritariamente a favor da equipe rubro-negra entre as pessoas que marcaram presença na final e lotaram a arena.

Em entrevista à CAPRICHO, Carlos Antunes, diretor de Esports da Riot Games no Brasil, disse que um dos principais motivos de escolha da cidade carioca para sediar o evento é o alto engajamento com o League of Legends. “O Rio é uma das nossas maiores comunidades. Então, a gente vai para uma cidade que a gente sabe que levar o League para lá é legal e que a comunidade local vai querer ir na festa ou vai assistir em outros momentos. É um momento da gente fazer um ‘obrigado’ para essas pessoas“, conta.

Além disso, a organização também leva em conta as opções de uma arena que atenda as necessidades de uma final do Campeonato Brasileiro de League of Legends, que é um verdadeiro espetáculo. Iluminação, cenografia e muita tecnologia marcam o ambiente e alavancam ainda mais a experiência de quem está na plateia. Neste ano, esse show contou com a abertura da banda Far From Alaska com a música How Bad Do You Want It?, criada especialmente para a final.

Continua após a publicidade

Na festa dos torcedores do Flamengo também estava a Urubarons, primeira torcida organizada de Esports no Brasil. O nome é uma junção do mascote do clube brasileiro, Urubu, com um dos objetivos mais importantes do LoL: o Baron. Essa união entre o futebol e o League of Legends é algo que começou a crescer mais nos últimos anos, especialmente no Flamengo. “A gente acha muito legal porque essas duas coisas se comunicaram na paixão, né? O brasileiro é muito apaixonado por quase tudo que faz, mas em League e esportes no geral, isso sempre foi muito forte. Na hora que isso bateu no CBLoL foi muito legal, a gente vê que é uma paixão bastante tranquila e inclusiva”, Carlos comenta.

E essa torcida toda certamente fez uma diferença imensa. Flamengo derrotou a INTZ por 3×2 e levou o título inédito do 2º Split, considerando que a equipe rubro-negra chegou em todas as finais dos torneios oficiais que disputou, mas só tinha colecionado vices até então.

No CBLoL, o calendário é dividido em duas etapas chamadas de splits. “Hoje a gente tem essas duas etapas pelo fato da gente ter alguns torneios internacionais no meio do ano. O campeão da primeira etapa representa o Brasil no MSI (Mid-Season Invitational) e o campeão da segunda vai para o campeonato mundial (…) Mas o campeão do ano do CBLoL, a gente diz que é o campeão do segundo split”, Carlos explica. Após essa vitória inédita, a equipe participará do mundial entre outubro e novembro deste ano, na Europa.

Parabéns ao Flamengo e muito sucesso no mundial! O/

Publicidade