Facebook lança iniciativa anti-bullying; entenda como funciona!

O objetivo é prevenir que essa prática agressiva aconteça.

O bullying é uma situação enfrentada por muitos adolescentes, principalmente na época da escola. Ele consiste em agressões, verbais ou físicas, praticadas repetidamente por uma pessoa (ou um grupo) contra alguém, sem motivo aparente. A vítima, que geralmente não se defende, fica com medo do agressor e vive momentos muito angustiantes.

No Brasil, recentemente, a lei anti-bullying foi aprovada . Algumas práticas são punidas de acordo com o Código Penal, como injúria e lesão corporal. Hoje, existem diversas iniciativas independentes que lutam contra o problema e buscam conscientizar sobre o assunto. Diante dessa situação, na última terça-feira (16), o Facebook lançou a versão brasileira da Central de Prevenção ao Bullying , em parceria com a Unicef e a Safernet . O projeto, que existe desde 2013, já funciona em mais de 50 países.

A plataforma, além de auxiliar e dar dicas às vítimas e aos agressoressobre como lidar com a situação, disponibiliza conteúdo aos pais e professores. A intenção é ajuda-los a identificar o bullying e saber a melhor forma de abordar e tentar resolver o problema. ” Quebrar esse silêncio, esse tabu de fingir que não está acontecendo nada, [de] fingir que não é nada, é super importante e vai além da vítima”, afirma Rodrigo Nejm, da Safernet Brasil, no vídeo de apresentação da iniciativa.

Na Central de Prevenção ao Bullying também estão disponíveis informações sobre denúncia de conteúdos no Facebook e como elas são analisadas por uma equipe, assim como informações relacionadas à privacidade da conta e gerenciamento de amigos. Além disso, eles informam o contato de ONGs que trabalham com o Ministério Público para combater crimes cibernéticos.

O bullying é um assunto extremamente sério e pode causar enormes danos às vítimas. É sempre bom lembrar que aquilo que parece brincadeira para algumas pessoas, pode aborrecer outras. Se você sofre esse tipo de agressão, saiba que não está sozinho e procure ajuda . E caso você conheça alguma vítima, também ajude-a. Afinal, ninguém deveria passar por esse tipo de situação, né?! ~Muito~ mais amor, por favor!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s