18 imagens que provam que a ostentação de antigamente era muito mais legal

Duvido você lidar com tamanha nostalgia! Uma dica? Aceita, que dói menos.

Antigamente, lá pelos anos 90 e comecinho dos anos 2000, a ostentação não tinha nada a ver com funk. Aliás, na época, o que bombava nas rádios e nas festas era o funk melódico, na pegada de Se Ela Dança, Eu Danço e Tremendo Vacilão, do MC Leozinho e da Perlla, respectiavamente.

Mas, é claro, a ostentação já existia. Ela só era um pouquinho diferente do que estamos acostumados a ver hoje. Nada de grills, correntes douradas gigantes, anéis em todos os dedos, carros importandos, Camaros amarelos, verdes, vermelhos, iates luxuosos, bebidas que piscam e barras de ouro, que valem mais do que dinheiro.

1. Um Nike Shox era tudo que você precisava. E quanto mais molas, melhor! O de 12 era o ápice da ostentação!

2. Na verdade, quase tudo. Sua felicidade só seria completa se você tivesse um tênis com rodinhas. Só quem não curtiu muito essa moda foram as inspetoras da escola…

3. Câmera frontal? Selfie? O Motorola V3 já fazia tudo isso! Pra que iPhone? #sdds

4. Mas também tinha o celular da Sandy & Jr., que chegou para marcar época!

5. Ainda na áera dos eletrônicos, ter um walk-talk era sinônimo de riqueza e poder.

6. Ah, e quem não queria ter uma mochila da Kipling? Mas tinha que ser original, porque dava muito para ver quando o chaveiro de macaquinho, símbolo da marca, era falsificado. Daí, a ostentação ia por água abaixo… Fuén.

7. Na hora do recreio, ou melhor, do intervalo, só bombava mesmo quem tinha um MP3 Player no bolso.

8. E quem aí se lembra dos Geloucos, da Coca-Cola, que brilhavam no escuro?

9. Colecionar as lembrancinhas do Kinder Ovo também era ~top~. Se bem que, antigamente, o chocolate era bem mais barato. Hoje, sim, comprar um Kinder é pura ostentação, viu?

10. Quem não tinha um bichinho virtual era excluído de todos os grupinhos. Era triste, muito triste…

11. Sem contar que todo mundo tinha o sonho de ganhar um Furby no Natal. Mas era tão caro!!!

12. As pulseiras da Nike contra o racismo era um verdadeiro símbolo de ~status~. Assim como aquelas pulseiras do equilíbrio, Power Balance, que bombava entre os meninos.

13. Com os estojos de pelinho, você se sentia uma verdadeira Regina George de Meninas Malvadas !

14. Chato mesmo era ter que ver todas as suas amigas ostentando uma Melissa e você sem nenhuma para contar a história. E olha que essa sandalinha de plástico dava um chulé danado, deixava o pé todo suado… Mas não tinha importância, sabe?

15. Os anéis já eram sinônimo de ostentação. Mas os anéis de humor, que mudavam de cor de acordo com os seus sentimentos.

16. Mas nada, absolutamente nada era mais ostentável do que aquele estojo de lápis de cor de 36 cores, com os cobiçados tons prata e dourado. E olha que a febre dos livros para colorir ainda nem existia!

17. Mais ostentação que aquilo, só isso:

18. Ou isso:

Um verdadeiro tapa na cara da sociedade!

Ai, ai. Bons tempos…

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Ingrid Costa

    Kit de caneta stabilo é ostentação até hoje

    Curtir

  2. Há uns seis meses li uma matéria igualzinha no buzzfed … e acho que não estou enganada.

    Curtir